No Santos em goleada histórica, goleiro do Red Bull soma 11 gols em dois jogos contra o Corinthians

No Santos em goleada histórica, goleiro do Red Bull soma 11 gols em dois jogos contra o Corinthians

Por Meu Timão

3.5 mil visualizações 44 comentários Comunicar erro

Saulo não foi capaz de parar o ataque do Corinthians

Saulo não foi capaz de parar o ataque do Corinthians

Foto: Divulgação

O goleiro Saulo voltou a ser vítima de uma goleada do Corinthians. Arqueiro do Santos na histórica goleada por 7 a 1, ele estava na meta do Red Bull Brasil no jogo deste sábado e, após a derrota de sua equipe por 4 a 0, soma 11 gols sofridos em duas partidas contra o Timão.

Em duelo válido pelo Campeonato Brasileiro de 2005, Saulo viu suas redes serem balançadas por Tevez (três vezes), Nilmar (duas), Rosinei e Marcelo Mattos. Quase 11 anos depois, o arqueiro foi batido por Giovanni Augusto, André, Alan Mineiro e Lucca.

Na saída do gramado, Saulo foi humilde e destacou a qualidade do Corinthians. Ademais, apontou alguns "errinhos" cometidos pela equipe de Campinas.

"Superioridade. O time do Corinthians é indiscutível, né? Não poderíamos errar. Cometemos errinhos e, contra o Corinthians, isso é imperdoável. Eles souberam aproveitar e têm todos os méritos da vitória", declarou.

Veja Mais:

  • Dupla voltou de Chapecó com problemas físicos e pode se tornar baixa

    Dupla será reavaliada e pode se juntar a Cássio como desfalque para Corinthians no sábado

    ver detalhes
  • Jadson marcou de falta o gol contra a Chapecoense, pela Copa do Brasil

    Análise: Corinthians garante classificação na Copa do Brasil e sofre pouco diante da Chapecoense

    ver detalhes
  • Guilherme Arana fez seu primeiro gol com a camisa do Sevilla

    Ex-Corinthians, Arana marca pela primeira vez em goleada do Sevilla; veja vídeo do golaço

    ver detalhes
  • Corinthians ficou no 1 a 1 com o Palmeiras nesta quinta-feira

    Corinthians sai na frente com golaço de Nathan, mas cede empate ao Palmeiras no Brasileiro Sub-20

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes