Ação com refugiados faz o Corinthians ser destaque no site da ONU

Ação com refugiados faz o Corinthians ser destaque no site da ONU

Por Meu Timão

A ação foi feita pelo Departamento de Responsabilidade Social do Corinthians

A ação foi feita pelo Departamento de Responsabilidade Social do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

No último sábado, acompanharam a vitória do Timão sobre o Red Bull, diretamente da Arena Corinthians, cerca de 100 imigrantes refugiados de dez países. Antes do jogo, a receptividade corinthiana ganhou destaque no site brasileiro da ONU.

A ação, uma edição especial do “Time do Povo”, que já costuma proporcionar a crianças e jovens carente “um dia de Corinthians”, foi realizada pelo Departamento de Responsabilidade Social do clube em parceria com a Caritas Arquidiocesana de São Paulo, que mantém o Centro de Referência do Refugiado.

Antes de irem à Arena Corinthians, onde assistiram ao jogo válido pelas quartas de final do Campeonato Paulista, os refugiados conheceram o Parque São Jorge e participaram de uma visita monitorada no Memorial Corinthians.

Das arquibancadas, o grupo pôde assistir à goleada do Timão sobre o Red Bull. Antes, no entanto, 11 crianças entraram com os jogadores no gramado.

“Pé quente”, o grupo de refugiados era formado por pessoas dos seguintes países: Congo, Angola, Nigéria, Mali, Colômbia, Filipinas, Iraque, Síria, Guiné-Conacri e Guiné Bissau.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes