Com bom retrospecto, Corinthians volta a receber um time chileno pela Libertadores após dez anos

Com bom retrospecto, Corinthians volta a receber um time chileno pela Libertadores após dez anos

Por Meu Timão

Corinthians derrotou o Cobresal por 1 a 0 no Chile

Corinthians derrotou o Cobresal por 1 a 0 no Chile

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians entra em campo na noite desta quarta-feira, contra o Cobresal, defendendo uma invencibilidade como mandante diante de equipes chilenas em duelos válidos pela Libertadores. Foram três confrontos neste retrospectos, com duas vitórias do Timão e um empate.

A última equipe do Chile que visitou o Corinthians pela Libertadores foi a Universidad Católica, que empatou com o Timão em 2 a 2, em 2006, no Pacaembu. Dez anos depois, o clube do Parque São Jorge volta a receber chilenos, desta vez, contudo, em Itaquera.

Vale lembrar que esta é a primeira vez que uma equipe chilena vai à Arena Corinthians. O Timão já recebeu colombianos (Once Caldas e Santa Fe), argentinos (San Lorenzo), uruguaios (Danubio) e paraguaios (Guaraní e Cerro Porteño).

Enquanto o Corinthians já está classificado para a fase oitavas de final, o Cobresal não tem chances de avançar e, portanto, já está eliminado. Favorito para o confronto, o Timão garante a primeira posição do Grupo 8 em caso de vitória.

Veja Mais:

  • Reforços do Corinthians passam por 'batismo' hilário nos EUA; assista

    Reforços do Corinthians passam por 'batismo' hilário nos EUA; assista

    ver detalhes
  • Carille revelou escalações antes do treino desta terça-feira, véspera da estreia do Timão em 2017

    Carille confirma uma equipe para cada tempo contra o Vasco; veja escalações

    ver detalhes
  • Roberto e membros da diretoria deram explicações sobre momento do clube a torcida

    Torcedores do Corinthians cobram Roberto de Andrade em reunião no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Lucca defenderá a Ponte Preta em 2017

    Corinthians define futuro do atacante Lucca

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes