Depois de gol, Guilherme Arana fala sobre oportunidades e força da Arena

Depois de gol, Guilherme Arana fala sobre oportunidades e força da Arena

Por Meu Timão

Guilherme Arana marcou o quarto gol da goleada alvinegra

Guilherme Arana marcou o quarto gol da goleada alvinegra

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Autor do quarto gol do Corinthians na goleada por 6 a 0 aplicada sobre o Cobresal, na noite dessa quarta-feira, na Arena, pela última rodada da primeira fase da Libertadores, Guilherme Arana falou sobre a chance que teve de mostrar serviço ao técnico Tite. O lateral-esquerdo é atualmente reserva de Uendel.

"Sim, as oportunidades vão aparecendo, a gente treina todo dia forte pra, quando aparecer essa ocasião, dar conta do recado. Todas as oportunidades que vão aparecer o time tem que entrar e fazer o que a gente sabe", comentou.

Arana, que completou 19 anos na última semana e inclusive teve apelidos revelados por amigos, viveu o auge de sua ainda curta carreira no segundo semestre do ano passado, quando se aproveitou de uma sequência de lesões de Uendel e engatou atuações como titular na reta final do Campeonato Brasileiro, ajudando o Timão a conquistar o hexa.

Ao comentar sobre a facilidade dos jogadores reservas em substituir os titulares quando solicitado por Tite, Arana ressaltou o entrosamento adquirido nos treinamentos. O jovem também destacou a força do Corinthians jogando em casa.

"Não, quem entra dá conta do recado. Nos treinamentos o time fica muito entrosamento, tem muito campo reduzido, isso ajuda. Os times que jogam aqui na Arena têm bastante dificuldade pra ganhar da gente", declarou.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes