Estreias, improviso e desconfiança: Veja o que mudou no Timão desde o primeiro jogo contra o Audax

Estreias, improviso e desconfiança: Veja o que mudou no Timão desde o primeiro jogo contra o Audax

Por Lucas Mariano

Reecontrando o Audax após mais de dois meses, o atual time do Corinthians está diferente

Reecontrando o Audax após mais de dois meses, o atual time do Corinthians está diferente

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians entrará em campo neste sábado para enfrentar o Osasco Audax em busca de uma vaga na final do Campeonato Paulista. No primeiro encontro entre as duas equipes, ainda na segunda rodada da fase de grupos, o Timão venceu por 1 a 0, com gol marcado por Uendel.

De lá para cá, o clube do Parque São Jorge passou por algumas mudanças. Pensando nisso, o Meu Timão faz uma análise do que mudou daquela equipe que entrou em campo no dia 4 de fevereiro em relação ao atual time de Tite.

O primeiro duelo entre Corinthians e Audax foi válido pela segunda rodada da competição. Em campo, o comandante corinthiano trabalhava com um time em meio a desconfianças, já que ainda ninguém sabia como o atual campeão brasileiro iria atuar após grande reformulação, na qual perdeu jogadores importantes.

O time naquela noite entrou no gramado com: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Romero, Elias, Rodriguinho e Lucca; Danilo. A principal diferença em relação à atual formação é a improvisação de Danilo no ataque, já que na época o treinador não contava com Luciano, que se recuperava de lesão, e André, recém-contratado.

O time também ainda não contava com nenhum reforço na formação inicial. A partida, inclusive, marcou a estreia de dois atletas: Guilherme e Willians. Willians fez seu primeiro jogo com a camisa alvinegra ao substituir Elias, enquanto Guilherme entrou no lugar de Danilo. Além deles, Marlone entrou no segundo tempo no lugar de Lucca, como havia feito no jogo de estreia, contra o XV de Piracicaba.

Atualmente, passados mais de dois meses, o Corinthians está diferente. Dos contratados, Giovanni Augusto, Guilherme e André se firmaram entre os titulares. Destes, Giovanni é único que está confirmado de fora do confronto devido a uma lesão no pé esquerdo. Em seu lugar, Tite deve escalar Alan Mineiro, que na data do primeiro jogo ainda treinava para entrar em forma e ficar à disposição do treinador.

Diante desse cenário, o time que deve entrar em campo neste sábado deve apresentar apenas três mudanças em relação ao que venceu o Audax no dia 4 de fevereiro: Alan Mineiro no lugar de Romero, Guilherme na vaga de Rodriguinho e André substituindo Danilo.

Apesar da “pequena” quantidade de mudanças, o Corinthians atual deixou para trás a desconfiança do início da temporada e tem Tite como o principal responsável pelo bom desempenho nas duas competições que o time disputa.

Veja Mais:

  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade concedeu entrevista nesta segunda no Parque São Jorge

    Após se livrar de impeachment, Roberto de Andrade sugere tentativa de golpe no Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Patch que será usado pelos jogadores no Dérbi de quarta-feira

    Rivalidade à parte: Corinthians e Palmeiras se unem e usarão logo no clássico

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes