Contra 'ousado' Audax, Corinthians tenta garantir final inédita na Arena

Contra 'ousado' Audax, Corinthians tenta garantir final inédita na Arena

Por Meu Timão

60 mil visualizações 114 comentários Comunicar erro

Corinthians luta por uma vaga na final do Paulistão

Corinthians luta por uma vaga na final do Paulistão

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Timão não enfrenta o Osasco Audax às 18h30 (de Brasília) deste sábado, na Arena Corinthians, apenas para brigar pela classificação à decisão do Campeonato Paulista 2016. Mais do que isso, a equipe comandada por Tite tem em mãos a oportunidade de garantir a primeira final da história do estádio alvinegro, inaugurado em maio de 2014.

A Arena em Itaquera já foi usada pelo time do Parque São Jorge em oito competições. São elas: Paulistão (2015 e 2016), Copa do Brasil (2014 e 2015), Brasileirão (2014 e 2015) e Libertadores (2015 e 2016). Apesar de receber a festa do hexacampeonato nacional na temporada passada, a casa do Timão ainda não sediou uma final da categoria profissional do clube.

(Foto: Bruno Teixeira - Instagram @brunotrolo)

Para isso, porém, a equipe melhor colocada no ranking geral do Paulistão terá de eliminar um ousado adversário, que tem como principais características o toque de bola rápido, sem chutões, e o entrosamento conquistado há quatro anos. Apenas neste certame, o Audax de Fernando Diniz bateu o Palmeiras (2 a 1) na primeira fase e eliminou o São Paulo (4 a 1) nas quartas. Diante do Santos, sofreu o revés (2 a 1), mas viu o técnico adversário tecer elogios e classificar o embate fora de casa como “espetáculo”. Já contra o próprio Corinthians, impôs dificuldades e acabou derrotada pelo placar mínimo.

Ciente do poderio inimigo, Tite escalou o que tem de melhor para a semifinal, mesmo com compromisso pela Copa Libertadores da América na próxima quarta-feira, diante do Nacional (URU). Os únicos desfalques do treinador são Giovanni Augusto (lesão no pé esquerdo) e Willians (edema na coxa direita), que se recuperam no departamento médico. Dessa maneira, a novidade dentre os titulares fica por conta de Alan Mineiro, elogiado pelas recentes atuações.

(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

No tradicional 4-1-4-1, o Corinthians que tenta assegurar uma inédita final em Itaquera é formado por: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique; Alan Mineiro, Elias, Guilherme e Lucca; André. “Vai ser um grande jogo. Com duas equipes que pensam futebol parecido. Valorizam triangulações, posse de bola, alternam marcações. Vai ser um grande espetáculo”, projetou Tite.

Do outro lado, o Audax tenta frear o ímpeto corinthiano na base da técnica, seguindo a cartilha do técnico Fernando Diniz. Em busca do avanço à final do Estadual, a provável equipe osasquense é composta por: Sidão; André Castro, Yuri, Bruno Silva e Velicka; Camacho, Tche Tche e Juninho; Mike, Bruno Paulo e Ytalo.

Com mais de 38 mil ingressos vendidos antecipadamente, Corinthians x Audax tem a arbitragem de Thiago Duarte Peixoto, auxiliado pelos assistentes Rogério Pablos Zanardo e Daniel Paulo Ziolli. O confronto decisivo será transmitido somente pelo canal Premiere FC (pay-per-view), além da cobertura em Tempo Real do Meu Timão a partir das 18h10.

Veja Mais:

  • Clayson, Luan, Sornoza, Marciel e Matheus Matias: confira o vaivém no Corinthians neste fim de 2018

    Corinthians no mercado da bola: saiba quem chega, quem sai e quem negocia com o Timão para 2019

    ver detalhes
  • Pepe rescindiu o contrato na Turquia e está livre no mercado

    Zagueiro Pepe rescinde contrato na Turquia e Fiel faz 'campanha' por negócio com o Corinthians

    ver detalhes
  • Denilson alertou para a necessidade de reforçar plantel de Carille para 2019

    Pentacampeão do mundo fala de aumento da responsabilidade de Carille e alerta: 'Não adianta só ele'

    ver detalhes
  • Corinthians tem compromisso importante ainda em 2018 para tentar classificação na Superliga

    Duelo pela Superliga e amistoso de futebol americano marcam últimos compromissos do Timão no ano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes