Corinthians perde nos pênaltis e deixa Paulistão na semifinal

Corinthians Corinthians 2 x 2 Audax Audax

Paulista 2016

Corinthians perde nos pênaltis e deixa Paulistão na semifinal

Por Meu Timão

Corinthians perdeu outra disputa de pênaltis e está fora do Paulista

Corinthians perdeu outra disputa de pênaltis e está fora do Paulista

Foto: Reprodução TV

Na noite deste sábado, o Corinthians recebeu o Grêmio Audax na Arena em Itaquera. Pelo jogo único pela semifinal do Paulista, as equipes se enfrentaram buscando a vaga na finalíssima da competição.

O adversário, que havia derrotado o São Paulo nas quartas-de-final, prometia dar trabalho ao Timão pelo futebol bem jogado e o toque de bola de rápido. O elenco de 2016 do Audax, presidido pelo ídolo e ex-jogador do Corinthians, Vampeta - ficou famoso por nunca dar chutões no campo de defesa.

Já o Timão, que goleou o Cobresal com a equipe reserva pela Libertadores no meio da semana, veio a campo com a equipe considerada titular. Em campo: Cássio, Fagner, Felipe, Yago, Uendel, Bruno Henrique, Elias, Guilherme, Lucca, Alan Mineiro e André formaram o conhecido 4-1-4-1 do técnico Tite.

Primeiro tempo

O Corinthians começou bem a partida, e apoiado pela Fiel, pressionou muito o Audax nos minutos iniciais da partida. A equipe deu trabalho para o goleiro Sidão e chegou a criar boas chances de gol até os 25 minutos da primeira etapa.

Aos poucos, porém, o Audax começou a crescer muito no jogo. A equipe de Osasco percebeu que foi capaz de segurar o ímpeto inicial do Corinthians e se soltou em campo, aproveitando melhor os erros cometidos pelos atletas alvinegros e conseguiu chegar ao gol aos 25 minutos.

No lance, Bruno Paulo recebeu a bola de fora da área e finalizou com um chute perfeito contra as redes de Cássio. Após o lance, com a desvantagem no placar, o Corinthians ficou perdido em campo e viu sua linha defensiva ser desconstruída muitas vezes pela equipe do Audax.

O adversário cresceu na desorganização corinthiana, e o elenco comandado por Tite aumentou o número de erros. Enquanto o Audax fazia cera, a Fiel empurrava e o torcedor só queria o fim do primeiro tempo para que o Timão tivesse a chance de mudar seu jogo na segunda etapa.

Segundo tempo

A segunda etapa da partida começou com alteração no time do Corinthians - atendendo aos pedidos da torcida na Arena, o treinador colocou Romero em campo. O jogador entrou no lugar de Guilherme, e Rodriguinho veio no lugar de Alan Mineiro.

Em campo, o Timão precisava vencer as estatísticas: das cinco vezes em que saiu atrás no placar em 2016, não foi capaz de virar em nenhuma ocasião e empatou em apenas uma partida. Apesar disso, a mudança surtiu efeito e o Corinthians voltou mais concentrado depois do intervalo.

O gol de empate finalmente saiu, da cabeça do atacante André após cruzamento de Bruno Henrique aos 6 minutos do segundo tempo. E o jogo parecia finalmente virar para o Corinthians, que voltou a criar e pressionar o time do Audax.

Porém, novamente aos 25 minutos em um chute de fora da área, viu a classificação para a final escapar. O jogador Tche Tche, de fora da área, repetiu o primeiro gol e conquistou outra vez a vantagem no placar.

Aos 31 minutos, Tite chamou Luciano e fez uma ousada mudança: tirou o zagueiro Yago para a entrada do atacante. Indo com tudo para cima, o Corinthians conseguiu o empate - Romero comandou a jogada pelo lado direito e cruzou na pequena área para André empurrar para as redes e empatar novamente a partida.

Com tudo igual, a partida ficou eletrizante, com as duas equipes buscando desesperadamente a vitória no tempo regular. Apesar disso, o cansaço e a dificuldade da partida cobraram o preço das duas equipes que fizeram um jogão e a partida foi para a decisão por pênaltis.

Pênaltis

Do lado do Corinthians, os batedores eram André, Fagner, Rodriguinho, Luciano, Uendel. No Grêmio Audax, os nomes escolhidos foram Velicka, Tche Tche, Ytalo e Camacho.

O primeiro pênalti foi batido pelo Audax, e Velicka converteu. André, pelo Corinthians, bateu e marcou com direito à paradinha. A segunda rodada de cobrança começou com Tche Tche, que tomou muita distância e também marcou com a bola no canto superior esquerdo.

Do lado corinthiano, Fagner chamou a responsabilidade da segunda batida, mas mandou a bola para fora dando a vantagem para o Audax. Ytalo bateu e marcou para o time de Osasco. A terceira cobrança, de Rodriguinho, foi defendida por Sidão e aumentou a diferença. Camacho cobrou e marcou o gol que confirmou a classificação do Audax.

Fora do Paulista, o Timão agora se foca na Copa Libertadores da América, onde também enfrenta desafio decisivo. O próximo jogo do Corinthians, pela Libertadores, acontece na próxima quarta-feira, 27, quando a equipe enfrenta o Nacional do Uruguay no primeiro confronto das oitavas de final da competição.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Audax

  • 1000 caracteres restantes