Após eliminação, André lamenta regulamento do Paulista e se cala sobre pênaltis

Após eliminação, André lamenta regulamento do Paulista e se cala sobre pênaltis

Por Meu Timão

André falou sobre a eliminação do Corinthians para o Audax nos pênaltis

André falou sobre a eliminação do Corinthians para o Audax nos pênaltis

Foto: Reprodução/Premiere

Depois de liderar a primeira fase do Campeonato Paulista e eliminar o Red Bull Brasil nas quartas, o Corinthians acabou superado pelo Osasco Audax na semifinal. Na noite deste sábado, em Itaquera, o Timão sofreu com o ritmo da equipe osasquense e, após ser vazado em duas oportunidades, conseguiu levar a decisão para os pênaltis. Para André, o time alvinegro não pecou por seus erros, mas pela qualidade técnica do adversário.

“Acho que gente brigou, lutou, o time do Audax é muito bom”, afirmou o atacante, que lamentou o regulamento organizado pela Federação Paulista de Futebol (FPF). “Só que regulamento é esse, a gente sai mais uma vez com a melhor campanha que não nos dá vantagem nenhuma. É levantar a cabeça, a torcida viu o empenho. Agora é focar na Libertadores”, acrescentou.

O centroavante corinthiano, aliás, foi responsável por marcar os dois gols do Timão nos 90 minutos. Já nas cobranças de pênalti, foi competente e anotou o único tento da equipe comandada por Tite – Fagner e Rodriguinho desperdiçaram suas penalidades, garantindo ao Osasco o avanço à final do Estadual.

Questionado sobre as falhas dos companheiros, André minimizou o assunto e evitou tecer críticas. “Eu estava tranquilo ali, mas é de cada um”, finalizou.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, diante do Nacional (URU), às 21h45 (de Brasília), no Parque Central, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes