Nacional só venceu o Palmeiras e encerrou fase de grupos como pior mandante entre os classificados

Nacional só venceu o Palmeiras e encerrou fase de grupos como pior mandante entre os classificados

Por Meu Timão

Torcida do Nacional, no Parque Central, durante jogo contra o Rosário

Torcida do Nacional, no Parque Central, durante jogo contra o Rosário

Foto: Divulgação/Nacional

O Corinthians tem um fator a se apoiar na partida desta quarta-feira, no Parque Central, em Montevidéu, no Uruguai, contra o Nacional, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores. Entre os 16 times classificados ao mata-mata da competição sul-americana, o adversário do Timão é o que fez a pior campanha como mandante na fase de grupos.

Integrante de um dos chamados "grupos da morte", o Nacional conseguiu vencer apenas o Palmeiras no Parque Central. Diante do fraco River Plate-URU, a equipe tricolor apenas empatou. Na última rodada, quando entrou em campo já classifico, o time de Montevidéu perdeu para os argentinos do Rosário Central.

O aproveitamento de apenas 44% do Nacional em casa contrasta com as três vitórias em três jogos do Corinthians em Itaquera. Como mandante, o Timão teve a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, com nove gols a favor e nenhum contra.

Vale lembrar, contudo, que o jornalista uruguaio Alejandro Etcheverry, em entrevista ao Meu Timão, destacou que o Nacional se sente à vontade para jogar como visitante. Ou seja, é importante para os comandados de Tite conseguirem um bom resultado na casa do adversário.

Em tempo: além do retrospecto negativo do Nacional como mandante, um outro fator que pode ser usado pelo Corinthians como espécie de motivação é uma provação de parte da torcida adversária ao Timão. Motivado por pedidos de são-paulinos e palmeirenses, um site uruguaio publicou um texto intitulado "vai pra cima dos gambás".

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes