Auxiliar de Tite explica treino no Uruguai e descarta marcação individual contra Nacional

Auxiliar de Tite explica treino no Uruguai e descarta marcação individual contra Nacional

Por Meu Timão

Cléber Xavier comandou, ao lado de Tite, treinamento desta terça-feira do Timão, o último antes da partida contra o Nacional

Cléber Xavier comandou, ao lado de Tite, treinamento desta terça-feira do Timão, o último antes da partida contra o Nacional

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Timão não terá vida fácil diante do Nacional, do Uruguai, nesta quarta-feira. Ciente do poderio inimigo, a comissão técnica corinthiana abusou de exercícios de bola parada no treinamento desta terça, no estádio Parque Central, palco do confronto. Em entrevista coletiva, Cléber Xavier explicou a atividade técnica dos jogadores na véspera da abertura das oitavas de final da Libertadores.

“A bola defensiva a gente sempre trabalha a exaustão porque é característica de jogo, num campo pequeno, de muita competitividade. Onde pode acontecer faltas perto da área. O Nacional tem bons cabeceadores e estamos atentos a isso”, avisou o auxiliar técnico Cléber Xavier, braço-direito de Tite.

O treinamento desta terça-feira encerrou a preparação do Corinthians para a estreia no mata-mata sul-americano. Além das bolas aéreas, Tite exigiu dos atletas titulares maior recomposição defensiva, aproximação e troca de passes, características da equipe ao longo da atual temporada.

No tradicional 4-1-4-1, o provável Corinthians que entra em campo contra os uruguaios é formado por Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique; Alan Mineiro, Elias, Rodriguinho e Lucca; André. A única novidade é a entrada de Rodriguinho na vaga do camisa 10 Guilherme, questionado pelas recentes atuações.

Por fim, Xavier analisou os pontos fortes do Nacional – eficiente no ataque, mas pouco seguro na defesa – e revelou que o Timão não marcará “homem a homem”. “Nossa marcação é zona, independente do adversário”, completou o assistente. A bola rola às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes