Após empate, Elias aponta estratagemas de adversários na Libertadores

Após empate, Elias aponta estratagemas de adversários na Libertadores

Por Meu Timão

Elias discute com zagueiro Polenta durante o intervalo do jogo em Montevidéu

Elias discute com zagueiro Polenta durante o intervalo do jogo em Montevidéu

Foto: Reprodução/TV

O Corinthians conquistou um importante empate contra o Nacional, do Uruguai, nesta quarta-feira. Fora de casa, a equipe comandada por Tite garantiu o placar de 0 a 0 no estádio Parque Central, em Montevidéu, e agora depende de uma vitória simples dentro da Arena Corinthians para garantir o avanço.

À beira do gramado, o volante Elias comemorou o resultado final, mas revelou artimanhas do time mandante para, quem sabe, abrir vantagem nas oitavas de final da Copa Libertadores da América. “Acho que as duas equipes jogaram firme, para competir, é Libertadores. Campo estava seco, depois molharam pra jogarem a favor do vento”, revelou Elias, que recebeu o cartão amarelo após discussão acirrada com o zagueiro Polenta, do Nacional.

Sem Guilherme, sacado depois de atuações abaixo do esperado, o Corinthians foi pouco criativo e quase não levou perigo à meta uruguaia. No segundo tempo, com as entradas de Ángel Romero e Marlone, o Timão passou a ter maior posse de bola, apesar do pouco aproveitamento no campo de ataque.

Para Elias, o time do Parque São Jorge manteve boa postura fora de casa e tem totais condições de garantir a classificação para a próxima fase. “A equipe se comportou bem. Levamos a decisão para casa e pedimos o apoio do torcedor para buscar a classificação às quartas”, completou o volante.

O segundo jogo entre Corinthians e Nacional está marcado para a próxima quarta-feira (04), na Arena Corinthians. Caso vença por 1 a 0, a equipe alvinegra garante vaga nas quartas de final, enquanto o empate pelo mesmo placar leva a decisão para as penalidades máximas.

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Carille ressaltou aprendizados com revés do Corinthians para o Vitória

    Carille tira lições de derrota e nega relação entre perdas e período sem jogos

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes