Com apenas um setor disponível, Timão libera ingressos para não-sócios contra o Nacional

Com apenas um setor disponível, Timão libera ingressos para não-sócios contra o Nacional

Por Meu Timão

Após empate no Uruguai, Timão viverá 'decisão' na Arena Corinthians

Após empate no Uruguai, Timão viverá 'decisão' na Arena Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Com expectativa de casa cheia, o Corinthians liberou nesta sexta-feira a venda online de ingressos para o jogo contra o Nacional a não-sócios do programa Fiel Torcedore. A partida acontece na próxima quarta-feira, às 21h45, válida pelas oitavas de final da Libertadores.

Para comprar os ingressos, qualquer torcedor pode acessar o site do Fiel Torcedor. Restam entradas apenas para o setor Oeste. Os preços variam de acordo com o piso: bilhete para o Oeste Superior custa R$ 150; para o Inferior, R$ 220.

O fechamento da venda online está previsto para 13h45 da quarta-feira, dia do jogo. Nas bilheterias da Arena a comercialização acontece até o intervalo da partida.

Vale destacar que o Corinthians precisa de uma vitória simples por qualquer placar para avançar às quartas de final da competição sul-americana. No jogo de ida, em Montevidéu, no Uruguai, na quarta-feira passada, o Timão empatou contra o Nacional por 0 a 0.

Veja Mais:

  • Jô falou com a imprensa nesta terça-feira já na Argentina

    Jô admite toque no braço, nega trapaça e abre o jogo sobre polêmica no Corinthians

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez fez fortes declarações sobre polêmicas envolvendo o Timão

    Em vídeos, Sanchez critica CBF, rebate Eurico e fala sobre polêmica: 'Maior time da América Latina'

    ver detalhes
  • Romero conversou com a imprensa estrangeira no aeroporto da Argentina

    Com assédio a Romero e Cássio, delegação do Corinthians desembarca em Buenos Aires

    ver detalhes
  • Jô demonstrou desconforto durante viagem à Argentina

    Após polêmica, Jô demonstra forte abatimento; veja relato da viagem do Corinthians à Argentina

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes