Sites de apostas acreditam na vitória do Corinthians contra o Nacional

Sites de apostas acreditam na vitória do Corinthians contra o Nacional

Por Meu Timão

Corinthians é amplo favorito para a conquista da vaga às quartas de final

Corinthians é amplo favorito para a conquista da vaga às quartas de final

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Os sites de apostas registrados fora do Brasil colocam o Corinthians como amplo favorito para a decisão desta quarta-feira. O Timão enfrenta o Nacional, na Arena, em busca de uma vaga nas quartas de finais da Copa Libertadores da América de 2016.

A Winner, empresa que patrocina a camisa do Corinthians divulgando o WinnerPlay, oferece odds de 1.48. Ou seja, a empresa paga R$148 reais para cada R$100 reais apostados no Corinthians em caso de vitória. O site também oferece 20 reais para novos apostadores, sem a necessidade de efetuar um depósito.

Winner

No Betmotion a premiação é um pouco melhor: são R$150 reais para R$100 reais apostados em caso de vitória do Timão. É possível também apostar na vitória do Corinthians ou empate. Nesse caso, a premiação baixa para apenas 9% do valor investido. Apesar do Betmotion não oferecer créditos apenas por se cadastrar, um bônus de boas vindas de 100% do primeiro depósito é oferecido até R$250 reais.

Betmotion

Para apostar, em ambos os sites, é necessário a idade mínima de 18 anos.

Veja Mais:

  • Jogadores usaram máscaras em brincadeira do Corinthians

    Em clima de Carnaval, Corinthians provoca e dá máscaras para Gabriel e Maycon

    ver detalhes
  • Vitor Hugo publicou vídeo nesta quinta-feira

    Em rede social, Vitor Hugo publica vídeo com pedido de desculpas a Pablo; confira

    ver detalhes
  • Corinthians e Santos ainda não se enfrentaram em 2017

    FPF altera horário do clássico entre Corinthians e Santos na Arena

    ver detalhes
  • Thiago Duarte Peixoto será afastado dos gramados e passará por avaliação na FPF

    Após assumir erro, árbitro de Dérbi é afastado e passa por avaliação na FPF

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes