Corinthians se desespera, só empata e é novamente eliminado na Arena

127 mil visualizações 1.317 comentários

Por Meu Timão

Corinthians perdeu a classificação na Arena

Corinthians perdeu a classificação na Arena

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Corinthians 2 X 2 Nacional

Libertadores 2016
04 de maio de 2016, 21:45
Corinthians 2 x 2 Nacional
Neo Química Arena

O Corinthians entrou em campo na noite desta quarta-feira precisando da vitória pra avançar às quartas de finais da Copa Libertadores da América. O primeiro jogo, no Uruguai, terminou 0 a 0. O segundo, infelizmente, terminou 2 a 2 e o Timão se despediu da competição por causa da vantagem de gol fora de casa para os uruguaios.

Antes da bola rolar, as torcidas organizadas do Corinthians surpreenderam na Arena. Sinalizadores foram acessos no setor Norte do estádio. A festa atrasou o início de jogo em cerca de seis minutos.

O primeiro tempo foi marcado por boas jogadas de ambos os times. Os principais destaques do Corinthians foram Giovanni Augusto, Lucca, Elias e Cássio, que precisou fazer grandes defesas. O clima ficou quente da metade para o fim da primeira etapa e dois jogadores do Timão foram amarelados. Um princípio de confusão no gramado também aconteceu.

Precisando da vitória, o Corinthians voltou para a segunda etapa pressionando. No entanto, um gol no início diminuiu os ânimos alvinegros. Para tentar reverter, o técnico Tite promoveu a entrada de Romero, Danilo e Marquinhos Gabriel, que fez sua estreia com a camisa do Timão.

No final do jogo, o fantasma dos pênaltis ainda voltou a assombrar a equipe corinthiana. André teve a chance de empatar e desperdiçou. Nos últimos segundos, Marquinhos Gabriel mudou tudo: após novo pênalti, o jogador estreante marcou o gol de empate. São 11 penalidades marcadas para o Timão em 2016 - sete foram desperdiçadas pelos jogadores alvinegros.

45 minutos pegados

Depois de alguns minutos de atraso por conta dos sinalizadores acessos pelas organizadas do Timão, o jogo iniciou pegado. Logo no primeiro minuto, Rodriguinho arriscou um chute de fora da área e a bola passou por cima do gol.

Ao contrário do esperado por Tite, que treinou durante a semana, o Nacional não veio fechado para o jogo e adiantou a marcação. A pressão deu certo e aos cinco minutos, os uruguaios abriram o placar na Arena. Nico López cruzou, Fernández aproveitou e disputou com Cássio. A bola sobrou novamente para López, que marcou.

Com o apoio da Fiel, que fez ainda mais barulho após o gol, o Corinthians foi para cima. Antes dos dez minutos, Giovanni Augusto cobrou escanteio e Felipe subiu mais alto, mas a bola subiu por cima do gol. Na sequência, a mesma jogada: Giovanni cobrou escanteio e Felipe de cabeça, de novo. Dessa vez, a bola raspou na trave e foi para fora.

Aos 14 minutos, a reação corinthiana. Giovanni Augusto tabelou com Fagner pela direita, ele cruzou rasteiro, André não consegue chutar e a bola sobrou para Lucca, completar para as redes. Gol do Timão. Tudo igual na Arena!

Após o empate, a Fiel fez ainda mais barulho no estádio. Aos 16, André arriscou de fora. Aos 17, foi a vez de Cássio salvar lance de Ramírez. Aos 20, Felipe tentou mais uma vez de cabeça para fora. E assim se seguiu o primeiro tempo, com boas oportunidades para ambos o lados.

O clima também esquentou dentro de campo. Entradas duras resultaram em cartões amarelos para Bruno Henrique e Felipe. Antes do fim do primeiro tempo, ainda rolou uma confusão entre os jogadores dos dois times, após um lance em que o Nacional reclamou de falta de fair-play do Timão. Rodriguinho e Elias eram os mais nervosos. Após o apito, uma breve discussão foi controlada rapidamente no gramado.

Pênalti perdido e eliminação

O segundo tempo começou tenso, com chutes longos para os dois lados. Aos quatro minutos, a primeira grande oportunidade: Fagner recebeu do lado direito, bateu cruzado e a bola passou raspando no gol. Um minuto depois, Elias brigou com a marcação e a bola sobrou para André, que mandou por cima do gol.

Precisando reverter o placar, o Timão foi para cima e pressionou. No entanto, após uma falha de Giovanni Augusto, López recebeu dentro da área, rolou para Fernández, que bateu pro gol. Cássio espalmou, mas Santigo Romero marcou o segundo do Nacional aos 11 minutos.

Com a situação mais complicada, o técnico Tite mexeu na equipe. Ele tirou Giovanni Augusto, que voltou de lesão nesta quarta-feira, e Lucca, e promoveu a entrada de Marquinhos Gabriel, que estreou com a camisa do Timão, e Romero.

A Fiel sentiu o segundo gol e a Arena Corinthians ficou mais quieta nos minutos seguintes ao tento uruguaio. Aos 18 minutos, Elias tentou empatar e arriscou uma bola de longe, mas ela só passou por cima do gol de Conde.

Ao 21, Uendel cobrou escanteio, Romero subiu libre de cabeça e Conde espalmou. A bola ainda bateu no travessão e Yago tentou o rebote, mas parou novamente no goleiro. Na sequência, Tite fez a última alteração, deixando o time mais ofensivo: saiu Bruno Henrique, que foi vaiado pela torcida, e entrou Danilo.

Sem conseguir criar jogadas efetivas, o Corinthians começou a irritar os torcedores presentes. Os jogadores do Nacional também começaram a enrolar em jogadas de faltas, parando o jogo por diversas vezes.

Antes do final do jogo, André desperdiçou a melhor oportunidade de empatar a partida. Aos 37, André foi derrubado na área e o árbitro deu pênalti. O próprio André bateu, muito mal, e jogou a bola nas mãos de Conde. Aos 48, nos minutos finais, Marquinhos Gabriel mostrou como bater um pênalti e empatou para o Timão. O resultado, porém, garantiu a classificação do Nacional por conta da vantagem dos gols marcados fora de casa.

Eliminado da Libertadores e fora das finais do Paulista, o Corinthians só volta a campo no dia 15 de maio. O Timão faz a estreia no Campeonato Brasileiro contra o Grêmio, na Arena, às 16h.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Nacional

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Moacir

    Ranking: 2656º

    Moacir 636 comentários

    @juniordafiel em

    Essa eliminação boto na conta de Tite e ponto.

  • Foto do perfil de João

    Ranking: 2072º

    João 804 comentários

    @joao.a.f em

    Parabéns aos envolvidos. Queima de fogos igual a que tá aqui, só no ano novo.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Jefferson

    Ranking: 433º

    Jefferson 2691 comentários

    1317º. @jefferson.maceno.ass em

    Marquinhos Gabriel merece meu respeito o cara demostra que e decisivo nos mata a mata, agora o cara tem que ser titular e Marlone também tem que ser titular.

  • Publicidade

  • Foto do perfil de Maria

    Ranking: 283ª

    Maria 153 comentários

    1316º. @fatimafiel82 em

    To tão triste? Porque ano passado tavamos voando no paulista na liberta toda imprensa e o Brasil inteiro exaltando nosso futebol, ai caímos diante dos porcos em casa no paulista, depois com o Guarani, chorei muito, mais começou o brasileirão apanhamos dos porcos do Grêmio fomos humilhados e nos recuperamos e terminamos o ano sorrindo. 2016 chegou e com eles os chineses levaram nossos melhores jogadores, começou o paulista e nos voando em campo e a liberta também resultado igual 2015 jogando muito nas duas competições e terminei chorando de novo maldição. Agora vai começar o brasileirão espero que tenhamos boas alegrias igualsinho ano passado. E pra piorar as bibas que ninguém esperava conseguiu se classificar ai é fodaaaa.

  • Foto do perfil de Jair

    Ranking: 4711º

    Jair 341 comentários

    1315º. @jaizao em

    O Corinthians voltou a ser aquele Corinthians de antigamente, que nadava e morria na praia!

  • Foto do perfil de Pablo

    Pablo 1 comentário

    1314º. @pablo005 em

    No começo do ano, quando começou o desmanche, alguns iludidos falaram "dá 11 pedaços de madeira para o Tite que ele faz o time ser campeão". Agora que deu merda esses vêm colocar a culpa no técnico. Não entendem que um técnico, por melhor que seja, precisa de PEÇAS DE QUALIDADE. A diretoria deu para o Tite uns caras que NÃO SERVEM PRA JOGAR NO CORINTHIANS e querem que ele faça milagre. Exceto Marquinhos Gabriel e Gio. Augusto, só contratação bosta.

  • Foto do perfil de Junior

    Ranking: 813º

    Junior 1679 comentários

    1313º. @junior.yajima em

    Era melhor ter perdido de 5 no uruguai, mas n ter jogado da forma covarde que foi.
    esse negócio de jgoar fechadinho fora pra n perder, é coisa do passado.
    que coisa, o pior e que até as galinhas de bh aprenderam jogar Libertadores e nos desaprendemos em 3 anos

  • Foto do perfil de Luis

    Luis 5 comentários

    1312º. @luis.carlos.rocha em

    Sou obrigado a discordar Moacir, Tite não culpado só dessa eliminação, culpado de todas.. Ele é fraco quando se trata de mata mata e muito teimoso.

  • Foto do perfil de Luis

    Luis 5 comentários

    1311º. @luis.carlos.rocha em

    Mais uma vez a teimosia do Tite elimina o Timão, é ótimo treinador, porem muito teimoso e demostrou que num é bom em escalar pra jogos mata mata.

  • Foto do perfil de João

    João 12 comentários

    1310º. @joao.modesto em

    A história poderia ser outra, se não fossem os gols perdidos, a falha no lance de Giovani Augusto, o gol perdido pelo voluntarioso Romero, talvez estaríamos enaltecendo o time como time de guerreiros. O Corinthians vem sofrendo eliminações dolorosas, mas é porque teve méritos para disputar a Taça Libertadores. O que dizer dos outros rivais que tem menos eliminações porque não participaram tanto como o Timão. Essa é a nossa história, sofrida, dolorosa as vezes, mas gloriosas. Nossas conquistas são gloriosas, heróicas, com a cara da nossa gente sofrida. É por isso que somos corinthianos. Como dizia Toquinho e Dr. Sócrates "Ser corinthiano é ir além de ser o primeiro". Tristeza sim, estamos sentindo, mas hoje mesmo, ao acessar essa página venho buscar boas novas que certamente virão, muita coisa boa nos está reservada. Tenho fé. Tenho amor pelo meu time, Como é bom entoar o canto Corinthians minha vida, Corinthians meu amor. Isso é nosso. É NOOIS!

x