Seguranças do Timão entram em conflito com torcedores no Setor Oeste da Arena

Seguranças do Timão entram em conflito com torcedores no Setor Oeste da Arena

Por Meu Timão

Setor Oeste é o mais caro da Arena Corinthians

Setor Oeste é o mais caro da Arena Corinthians

Foto: Meu Timão

Nos minutos finais da partida entre Corinthians e Nacional uma cena lamentável aconteceu no setor Oeste Inferior do estádio alvinegro. Os seguranças do clube entraram em conflito com torcedores no local.

A confusão começou após o pênalti desperdiçado por André. Alguns torcedores mais exaltados viraram na direção dos camarotes e começaram a xingar os representantes da diretoria que estavam no local, como Edu Gaspar e Alessandro.

Os seguranças do clube se exaltaram e pediram para o grupo se calar. Indignados, os torcedores rebateram dizendo que pagaram ingressos e tinham o direito de protestas. Rapidamente, os seguranças partiram para cima dos torcedores com empurrões. Isso tudo aconteceu em um local onde boa parte dos jornalistas ficam durante a partida, inclusive membros da equipe do Meu Timão que acompanharam todo o ocorrido.

Além da imprensa, quem também estava na área era Luciano. O atacante, que não foi relacionado, acompanhou o jogo das cadeiras do setor ao lado dos assessores do clube. Assim que a briga iniciou, o atleta foi retirado do local por seguranças. Não é normal, os jogadores ficarem neste setor. Marlone, por exemplo, acompanhou a partida dos camarotes ao lado da diretoria.

Depois da partida, os ânimos ainda ficaram exaltados dentro da zona mista do estádio - local frequentado apenas por pessoas credenciadas. Três torcedores tentaram invadir o vestiário, mas foram contidos.

Veja Mais:

  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Júnior Dutra assinou com o Corinthians até dezembro de 2019; único reforço confirmado

    Exato um mês após o título brasileiro, Corinthians tem só um reforço; três são os motivos

    ver detalhes
  • Corinthianos foram presos por horas nas arquibancadas do Maracanã em 2016

    Impunidade após baderna flamenguista expõe exageros da polícia carioca contra Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes