Sem acabar com fantasma, Corinthians novamente cai no mata-mata na Arena; Veja as eliminações

Sem acabar com fantasma, Corinthians novamente cai no mata-mata na Arena; Veja as eliminações

Por Meu Timão

Empate por 2 a 2 nesta quarta-feira resultou a eliminação do Corinthians

Empate por 2 a 2 nesta quarta-feira resultou a eliminação do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

No início desta semana, Elias foi questionado durante coletiva de imprensa se o retrospecto negativo do Corinthians em jogos de mata-mata na Arena de alguma forma pressionava a equipe. Em resposta, o volante negou e disse que isso era “só um fantasma do futebol”.

No entanto, mesmo com o jogador mostrando não se importar com o histórico, o “fantasma” voltou assombrar a equipe e o Corinthians novamente caiu precocemente na fase de mata-mata no seu estádio.

O clube do Parque São Jorge continua com ótimo desempenho na Arena. Dos 67 jogos disputados, foram 50 vitórias, 13 empates e apenas quatro derrotas. Porém, mesmo muitas vezes não saindo derrotado, o Timão também não consegue o resultado que precisa para sair classificado, o que aconteceu em três das cinco eliminações da equipe no local.

Após não conseguir passar pelas oitavas de final na Libertadores, o Meu Timão relembra as cinco quedas do Corinthians em jogos de mata-mata na Arena.

2015

Campeonato Paulista

Inaugurada em maio de 2014, a Arena Corinthians recebeu o primeiro confronto decisivo de mata-mata no dia 19 de abril de 2015. Na ocasião, o clube do Parque São Jorge empatou por 2 a 2 com o Palmeiras e acabou eliminado nos pênaltis. Vale lembrar que em 2014 o estádio também havia recebido jogos da Copa do Brasil, mas o Timão foi eliminado ao perder para o Atlético-MG em Belo Horizonte.

Copa Libertadores

Após passar pela fase de grupos, o Corinthians era apontado como favorito contra o Guaraní-PAR. No entanto, logo no primeiro jogo, no Paraguai, os comandados de Tite foram surpreendidos e perderam por 2 a 0. No jogo de volta, o time precisava pelo menos repetir o placar, mas acabou perdendo novamente, desta vez por 1 a 0.

Copa do Brasil

Assim como na Libertadores, o Corinthians chegou à Arena precisando reverter uma derrota por 2 a 0 fora de casa, porém também sequer conseguiu um resultado positivo e deixou a eliminação ao perder por 2 a 1. A derrota, no dia 26 de agosto de 2015, foi a última do Timão em seu estádio. Desde aquele confronto, são 23 jogos sem sair derrotado.

2016

Campeonato Paulista

Neste ano, a situação foi bem parecida com a de 2015: Novamente melhor equipe da primeira fase, o Corinthians caiu na semifinal, em seu estádio, ao perder na decisão por pênaltis após empatar por 2 a 2 no tempo regulamentar. A única diferença foi que desta vez a equipe foi eliminada pelo Audax, que faz sua primeira final de estadual.

Copa Libertadores

Sabendo que não podia perder fora para não se complicar como aconteceu como Guaraní, o Corinthians conseguiu empatar com o Nacional em Montevidéu. No entanto, o placar sem gols deixou o time alvinegro em alerta, já que era preciso uma vitória por qualquer resultado em casa. Em campo, as coisas não aconteceram como o esperado e, depois de começar perdendo, o Timão encontrou dificuldades na partida e só conseguiu o empate por 2 a 2 nos acréscimos, o que não foi suficiente para avançar às quartas de final.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes