Caso Alyson: rascunhos mostram divisão de 60 mil dólares entre envolvidos

Caso Alyson: rascunhos mostram divisão de 60 mil dólares entre envolvidos

Por Meu Timão

Roberto de Andrade prometeu punir os envolvidos no esquema ilegal

Roberto de Andrade prometeu punir os envolvidos no esquema ilegal

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Uma reportagem publicada na manhã desta sexta-feira pelo portal GloboEsporte.com mostrou um pedaço de papel com rascunhos que indicam a divisão do dinheiro adquirido num golpe aplicado nas categorias de base do Corinthians. O caso foi revelado no último domingo e trata-se da venda irregular de 20% dos direitos do jovem Alyson, de 16 anos, pelo então gerente da base do Timão, Fábio Barrozo, ao empresário Helmut Niki Apaza em conluio com Julio Cesar Polizeli, então agente do jogador. Manoel Ramos Evangelista, o Mané da Carne, outro funcionário da agremiação envolvido no esquema, está sendo investigado pelo Conselho.

Os papeis aos quais a reportagem teve acesso apontam pagamento de 60 mil dólares parcelados em três vezes por Niki para a compra de 20% dos direitos do jogador. A negociação não foi concretizada pois Roberto de Andrade, presidente do clube, não assinou o documento. O empresário, por sua vez, alega já ter feito o pagamento da última parcela em fevereiro conforme combinado com Barrozo. Este, por sua vez, deixou a diretoria do Timão no último mês de abril.

De acordo com com os rascunhos, "Manoel" (Mané da Carne) ficou com 30 mil dólares; "Julio" (Julio Cesar Polizeli), com 10 mil dólares; Fábio (Fábio Barrozo), com 20 mil dólares.

Vale destacar que a família de Alyson alega que Julio "sumiu" e, portanto, acertou com o empresário Jailton Lopes para cuidar dos interesses do jogador. O primeiro alega ter um contrato de representação assinado pelo jovem de 16 anos; o segundo, por sua vez, já conversa com a diretoria do Corinthians para negociar o retorno do atleta aos treinos.

Alyson está afastado da rotina das categorias de base por conta da polêmica. O jogador treina separadamente, e o pai alega que o Corinthians não tem dado suporte (financeiro ou psicológico) ao jovem. O novo agente já cogita levar o atleta para outro clube.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes