Com novas especulações, Timão pode fechar o ano com apenas três hexacampeões no time

Com novas especulações, Timão pode fechar o ano com apenas três hexacampeões no time

Por Meu Timão

Fagner e Uendel, ao lado de Cássio, seriam os possíveis remanescentes do grupo caso as baixas se confirmem

Fagner e Uendel, ao lado de Cássio, seriam os possíveis remanescentes do grupo caso as baixas se confirmem

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Fortemente afetado pelas saídas simultâneas de seis jogadores de referência em 2015, o Corinthians pode, nos próximos meses, ser novamente alvo de baixas entre seus principais atletas. Caso as especulações se concretizem, o Timão terminaria a temporada de 2016 com apenas três jogadores titulares da campanha do hexacampeonato Brasileiro.

Os apontados do atual elenco comandado pelo técnico Tite a deixaram o clube são o meia Elias e o zagueiro Felipe. O camisa 7, procurado pelo futebol chinês no início do ano, foi convocado pela Seleção Brasileira e deve despertar novo interesse vindo do futebol oriental, desta vez do Shandong Luneng. Já o defensor, está esperando uma proposta oficial do Porto, de Portugal.

Sendo assim, com as possíveis saídas de Elias e Felipe, somente três jogadores da equipe titular campeã nacional em 2015 permaneceriam na equipe: Cássio, Fagner e Uendel. Entre os três, somente Fagner vive boa fase e apresentou uma evolução na atual temporada. Cássio, questionado pela torcida nas últimas partidas, esteve perto de deixar o clube no início do ano e se integrar às baixas. Uendel, em fase apagada, é outro que não está conseguindo demonstrar em campo o rendimento visto na temporada anterior.

Negociados a clubes do futebol chinês no início da temporada Jadson, Renato Augusto, Ralf e Gil formam a lista dos atletas que deixaram o Corinthians na última temporada. Também completam a relação os atacantes Vagner Love e Malcom, negociados ao futebol francês.

Quem pode sair

Felipe
Titular absoluto na equipe após a saída de Anderson Martins, o zagueiro teve Gil como companheiro na defesa, parceria que contribuiu para seu amadurecimento no Corinthians. Em 2016, depois da venda de Gil, Felipe passou a ser um dos líderes não só no setor, mas também dentro de campo. O zagueiro fez parte da seleção dos melhores jogadores do Campeonato Paulista deste ano.

Elias
Como já tinha uma passagem pelo Corinthians, entre 2008 e 2009, o meia retornou ao clube em 2014 e reencontrou a Fiel. Torcedor declarado do Timão, o camisa 7 foi peça fundamental em 2015, durante o hexacampeonato. Em 2016, optou por permanecer a pedido de Tite, mas apresentou uma queda de rendimento. Em 11 jogos disputados neste ano, Elias possui dois gols marcados.

Quem deve ficar

Cássio
Herói das conquistas de Libertadores da América e do Mundial de Clubes em 2012, o goleiro Cássio também possui as títulos do Campeonato Paulista (2013), Recopa Sul-Americana (2013) e Campeonato Brasileiro (2015). Com o contrato renovado até 2019, o camisa 12 vê seu futuro no Corinthians, tendo em vista que recusou uma oferta da Europa no início deste ano.

Fagner
Formado nas categorias de base do Timão, o lateral direito vive a melhor fase de sua carreira, segundo o próprio jogador. No Corinthians desde 2014, em sua segunda passagem, Fagner foi o grande destaque no primeiro semestre do ano, inclusive marcando presença entre os melhores do Campeonato Paulista, assim como o zagueiro Felipe.

Uendel
O lateral-esquerdo Uendel assumiu a titularidade na equipe em 2015, depois da saída de Fábio Santos. Consistente na posição, porém nunca visto como um destaque, o camisa 6 desfalcou o Corinthians em alguns jogos durante a campanha do hexa, dando lugar ao jovem Guilherme Arana. Neste ano, Uendel está discreto no esquema de Tite e não vem aparecendo muito em jogadas ofensivas, ao contrário do outro lateral, Fagner.

Quem já saiu

Gil
Peça essencial no setor defensivo durante o Campeonato Brasileiro de 2015, o zagueiro Gil foi negociado junto ao Shandong Luneng, da China, equipe comandada pelo técnico Mano Menezes. Contratado pelo Timão em 2013, Gil disputou 185 jogos e marcou sete gols.

Ralf
Muito identificado com a Fiel, não somente pelo seu estilo de jogo com raça, compatível ao Corinthians, Ralf era o jogador com maior tempo de clube entre os negociados. Com o início da sua passagem no ano de 2010, o antigo camisa 5 entrou em campo por 352 vezes e leva o número de nove gols marcados. Ralf foi vendido ao Beijing Guoan, da China.

Renato Augusto
Apontado por grande parte da torcida como a ausência mais sentida entre os corinthianos, a passagem de Renato Augusto no Corinthians não foi sempre a mesma. Muito prejudicado por lesões logo depois em que chegou ao clube, o meia reencontrou o bom futebol a partir da metade de 2014. Comprado pelo Beijing Guoan, assim como Ralf, Renato Augusto entrou em campo por 127 vezes com a camisa do Corinthians.

Jadson
Primeiro jogador a ser negociado depois do título do Campeonato Brasileiro, Jadson é outro que demorou a reencontrar o bom futebol até ser peça fundamental na campanha vitoriosa. O meia chegou ao Corinthians no início de 2014, na troca proporcionada entre Corinthians e São Paulo, envolvendo também o atacante Alexandre Pato. O antigo camisa 10 disputou 103 jogos pelo Timão e balançou as redes por 24 vezes.

Malcom
Fruto das categorias do clube, o atacante é o mais jovem entre os vendidos. Titular na ponta-esquerda durante grande parte de 2015, depois da saída de Emerson Sheik, Malcom se adaptou ao estilo de jogo de Tite e apresentou grande evolução. Em dois anos como profissional, o jogador de 19 entrou foi a campo por 74 vezes e marcou dez gols com a camisa do Corinthians.

Vagner Love
Contratado pelo Corinthians no início de 2015, Love lidou com a ampla concorrência do peruano Paolo Guerrero, titular absoluto da posição, na época. Depois da saída do estrangeiro, o atacante imediatamente assumiu a posição, mas não conseguiu retribuir a chance concedida por Tite em suas primeiras atuações. Porém, na sequência, conseguiu se redimir no decorrer da temporada. Em 31 partidas pelo Campeonato Brasileiro, o atacante marcou 14 vezes e teve grande participação na campanha que rendeu o hexacampeonato.

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Oswaldo opinou sobre empréstimo de jogadores à Chape

    Oswaldo opina sobre empréstimo de jogadores do Corinthians à Chapecoense

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes