Antes contestado, Felipe pode render segunda maior venda de time campeão do Corinthians

Antes contestado, Felipe pode render segunda maior venda de time campeão do Corinthians

Por Meu Timão

40 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Felipe não deve seguir no Corinthians no segundo semestre

Felipe não deve seguir no Corinthians no segundo semestre

Foto: Ricardo Taves/Ag. Corinthians

O Corinthians pode fazer sua segunda maior venda com a equipe hexacampeã brasileira de 2015. Em negociação avançada com o Porto, de Portugal, Felipe pode render R$ 30 milhões aos cofres do Timão, conforme especulado pela imprensa.

Fato é que, por ter 100% dos direitos econômicos do jogador, o clube ficaria com o valor integral da negociação. Assim, em relação ao jogadores vendidos do time vitorioso do ano passado, apenas Gil apareceria como negócio mais lucrativo: R$ 39,7 milhões pagos pelo Shandong Luneng, da China.

A possibilidade de negócio é vista como positiva nos bastidores do Corinthians. Isso porque Felipe, que chegou ao clube no início de 2012, demorou para vingar e chegou a ser visto como negociação furada. No início de 2015, sem Cleber e Anderson Martins, o zagueiro era contestado por boa parte da torcida para assumir a titularidade ao lado de Gil, mas o fez com tamanha maestria que não apenas conduziu a equipe ao título brasileiro como também chegou a ser convocado por Dunga para a Seleção Brasileira.

Vale ainda lembrar que Felipe não deve ser a única baixa do Corinthians para o segundo semestre. O "fantasma chinês" já assombra o Timão novamente, promete fazer nova proposta por Elias e, desta vez, levar o volante. O lateral-direito reserva Edilson também pode sair, pois está na lista de possíveis reforços do Grêmio.

Confira abaixo os valores recebidos pelo Corinthians com as vendas pós-hexa:

Gil: R$ 39,7 milhões
Felipe: R$ 30 milhões*
Renato Augusto: R$ 17 milhões
Jadson: R$ 6,4 milhões
Malcom: R$ 6,4 milhões
Vagner Love: R$ 4,5 milhões
Ralf: R$ 4 milhões

* Especula-se R$ 30 milhões e a negociação ainda está em andamento

Veja Mais:

  • Antonio Roque Citadini quase não concorreu na eleição de fevereiro

    Citadini lamenta sobre eleição no Corinthians: 'Essa campanha sangrenta me tirou as chances'

    ver detalhes
  • Jean (ao centro) deve sair; lateral Romão também não convenceu comissão técnica

    Entenda por que diretoria do Corinthians ainda não se desfez de jogadores 'encostados' do elenco

    ver detalhes
  • Matheus Matias (à esq.) foi assunto na entrevista coletiva do diretor adjunto Duílio Monteiro

    Corinthians confirma porcentagem adquirida de Matheus e alerta: 'Tendência é ir devagar'

    ver detalhes
  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes