Com apenas três meses no cargo, diretor de marketing deixa o Corinthians

Com apenas três meses no cargo, diretor de marketing deixa o Corinthians

Por Meu Timão

Mauricio Jacob ficou três meses no cargo de diretor de marketing

Mauricio Jacob ficou três meses no cargo de diretor de marketing

Foto: Divulgação

O Corinthians está sem diretor de marketing mais uma vez no ano. Depois de três meses no cargo, Mauricio Jacob pediu para sair. O comunicado ao presidente Roberto de Andrade foi feito na semana passada. As informações foram publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo nesta quinta-feira.

A justificativa dada por Jacob foi de que não estava conseguindo conciliar a função no Parque São Jorge (não remunerada) com sua carreira na área do marketing. O argumento foi o mesmo utilizado por Marcelo Passos.

Passos deixou a diretoria de marketing do Corinthians no fim de janeiro. Ele havia assumido o cargo no início da gestão de Roberto de Andrade, em fevereiro do ano passado.

De acordo com a reportagem, Carlos Scapinni é o mais cotado para assumir a função. Ele é diretor Comercial e Marketing do Metro Brasil.

Vale lembrar que quem comanda o setor de marketing do Corinthians é o superintendente Gustavo Herbetta. Este, inclusive, fez declarações sobre o naming rights da Arena na semana passada e acabou rebatido pelo próprio clube em nota oficial.

Veja Mais:

  • Timão ainda não perdeu na atual edição do Brasileirão

    Corinthians abre dez pontos de vantagem para rival que está no G4; veja a classificação

    ver detalhes
  • Imagem de Luan com camisa grená do Corinthians fez sucesso entre a Fiel

    Após derrota para Corinthians, foto de Luan com camisa do Timão viraliza na web

    ver detalhes
  • Nathan e Ramon são novos reforços do Timão para a categoria Sub-20

    Corinthians anuncia contratações para equipe Sub-20

    ver detalhes
  • Guilherme Arana foi titular no último domingo, contra o Grêmio

    No embarque à Colômbia, Arana confirma 'mistão do Corinthians' e diz que será reserva

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes