Sócio do Corinthians vai à Justiça em busca de provas de serviço prestado por filho de Lula

Sócio do Corinthians vai à Justiça em busca de provas de serviço prestado por filho de Lula

Por Meu Timão

'Lulinha', à esquerda, foi preparador físico do Corinthians de 2009 a 2010

'Lulinha', à esquerda, foi preparador físico do Corinthians de 2009 a 2010

Foto: Daniel Augusto Jr.

O departamento jurídico do Corinthians pode ganhar uma dor de cabeça em breve. O sócio do clube Roberto Willian Miguel moveu uma causa na Justiça por conta de suspeitas acerca de Luis Claudio Lula da Silva, ex-funcionário do clube e filho do ex-presidente Lula. O Meu Timão teve acesso à ação.

Miguel investiga a parceria do Corinthians com a empresa de Lulinha, a LFT Marketing Esportivo. Um contrato firmado entre as partes de 2011 a 2013 registrou gastos de mais de R$ 500 mil do clube com os serviços supostamente prestados pela firma.

As suspeitas de Miguel são de que a empresa não teria prestado serviços ao Corinthians. O contrato, assim, seria uma desculpa para o pagamento de cerca de R$ 20 mil mensais do clube ao filho do ex-presidente da República.

A ação movida por Miguel tenta obrigar o Corinthians a lhe entregar documentos que comprovem a prestação de serviços da LFT Marketing Esportivo ao clube. O clube já entregou outros papeis solicitados pelo sócio.

Vale destacar que, caso o resultado da ação seja favorável a Miguel, pode ser aberto precedente para demais sócios entrarem na Justiça contra o Corinthians por diversos outros motivos.

Veja Mais:

  • Oposicionista deve oficializar sua candidatura em breve

    Com diretores atuais como vice, Paulo Garcia se lança como candidato à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Romarinho marcou sobre o Real Madrid, na semifinal do Mundial de Clubes de 2017

    Corinthians tira onda no Twitter após gol de Romarinho no Real Madrid

    ver detalhes
  • Novo uniforme branco do Corinthians na temporada 2017/18

    Corinthians e Nike renovam parceria até 2029; clube recebe bolada de luvas

    ver detalhes
  • Parte da dívida é relativa a venda de Felipe ao Porto

    Corinthians tem cerca de R$ 10 milhões a receber de clubes brasileiros e europeus

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes