Partido Nacional Corinthiano tem criação aprovada no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo

Partido Nacional Corinthiano tem criação aprovada no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo

Por Meu Timão

Partido Nacional Corinthiano tem até logo

Partido Nacional Corinthiano tem até logo

Foto: Reprodução/Internet

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) aprovou o registro no órgão estadual do Partido Nacional Corinthiano (PNC), além dos municipais em São Paulo e Ubatuba. Trata-se de uma etapa vencida pelos idealizadores da sigla para que se obtenha registro em âmbito nacional.

Foi julgado que o PNC cumpriu os requisitos necessários para a obtenção do registro em âmbito estadual. Ou seja, além dos documentos exigidos pela Justiça, a sigla conseguiu provar ter apoio de ao menos 24.710 eleitores do Estado de São Paulo. A exigência do TRE é de um mínimo de 21.262 se tratando de um partido paulista.

O PNC vem tentando ser legitimado pela Justiça Eleitoral desde o ano passado. "A manifestação de apoio à legitimação do Partido Nacional Corinthiano perante o Tribunal Superior Eleitoral é um direito não apenas do torcedor corinthiano. Queremos despertar o interesse real do brasileiro pela política. Isso hoje não existe e o futebol é uma ferramenta importante para reverter isso", diz o presidente do PNC, Juan Moreno, no site oficial da sigla.

Veja Mais:

  • Carille pode sofrer desfalques por suspensão na final do estadual

    Com quase um time inteiro pendurado, Carille descarta poupar jogadores na primeira decisão

    ver detalhes
  • Sócios do Fiel Torcedores podem garantir ingressos para jogos do Brasileirão deste ano, na Arena

    Com ingressos a R$ 21, Corinthians lança pacote para o Brasileirão; veja valores

    ver detalhes
  • Torcedor é retirado após insistir em ficar em pé no Setor Oeste

    Vídeo de torcedor sendo retirado pela PM por estar em pé na Arena divide opinião da Fiel; assista

    ver detalhes
  • Fagner em partida contra o São Paulo, pelo Paulistão

    TJD-SP volta atrás sobre julgamento de Fagner, que pode desfalcar Corinthians em decisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes