Partido Nacional Corinthiano tem criação aprovada no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo

Partido Nacional Corinthiano tem criação aprovada no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo

Por Meu Timão

7.3 mil visualizações 115 comentários Comunicar erro

Partido Nacional Corinthiano tem até logo

Partido Nacional Corinthiano tem até logo

Foto: Reprodução/Internet

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) aprovou o registro no órgão estadual do Partido Nacional Corinthiano (PNC), além dos municipais em São Paulo e Ubatuba. Trata-se de uma etapa vencida pelos idealizadores da sigla para que se obtenha registro em âmbito nacional.

Foi julgado que o PNC cumpriu os requisitos necessários para a obtenção do registro em âmbito estadual. Ou seja, além dos documentos exigidos pela Justiça, a sigla conseguiu provar ter apoio de ao menos 24.710 eleitores do Estado de São Paulo. A exigência do TRE é de um mínimo de 21.262 se tratando de um partido paulista.

O PNC vem tentando ser legitimado pela Justiça Eleitoral desde o ano passado. "A manifestação de apoio à legitimação do Partido Nacional Corinthiano perante o Tribunal Superior Eleitoral é um direito não apenas do torcedor corinthiano. Queremos despertar o interesse real do brasileiro pela política. Isso hoje não existe e o futebol é uma ferramenta importante para reverter isso", diz o presidente do PNC, Juan Moreno, no site oficial da sigla.

Veja Mais:

  • Jogadores do Corinthians vivem dia de ator em lançamento de nova chuteira

    Jogadores do Corinthians vivem dia de ator em lançamento de nova chuteira

    ver detalhes
  • Contratações do Corinthians para 2018: Ralf, Marllon & cia chegam pra resolver?

    VÍDEO | Contratações do Corinthians para 2018: Ralf, Marllon & cia chegam pra resolver?

    ver detalhes
  • Matheus foi recepcionado por Emerson Sheik no CT do Corinthians

    Perto de ser anunciado, atacante vai ao CT do Corinthians e recebe boas-vindas de Sheik

    ver detalhes
  • Quinto andar do Parque São Jorge ferve em busca de cargos

    Com 38 vagas em cinco órgãos do Corinthians, quinto andar vira o 'Congresso'; Andrés quebra a cabeça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes