Atacante algoz na Libertadores tem nome ligado ao Corinthians, diz empresário

Atacante algoz na Libertadores tem nome ligado ao Corinthians, diz empresário

Por Meu Timão

Nico López já despertou interesse do Internacional no início de abril

Nico López já despertou interesse do Internacional no início de abril

Foto: Divulgação/Nacional

O Corinthians analisa nomes para reforçar o ataque na próxima janela de transferências internacionais, que abre em 20 de junho. De acordo com o portal Uol, ao menos dois nomes foram ligados ao Timão nos últimos dias: Nico López, do Nacional, do Uruguai, e Teo Gutiérrez, do Sporting, de Portugal.

Algoz de Corinthians e Palmeiras na atual edição da Libertadores, Nico é atacante de 22 anos com passagem pela Roma, da Itália, e emprestado ao Nacional pela também italiana Udinese. De acordo com o empresário do jogador, Pablo Betancurt, intermediários entraram em contato recentemente interessados e levar o atleta ao Timão.

"Quatro empresários brasileiros me ligaram pedindo autorização para negociar com Corinthians. Somente um me deu a palavra de que estava autorizado a negociar pelo Corinthians. Por meus 20 anos de experiência no futebol, sei que algum interesse deve haver, porque esses agentes não são sócios, são concorrentes. Posso dizer que jogar no Brasil é a prioridade de Nico López", disse Betancurt.

Já no que diz respeito ao atacante colombiano Teo Gutiérrez, de 31 anos, trata-se de uma sondagem por parte da própria direção do Corinthians. Desejo de Tite desde o ano passado, o jogador terminou a temporada europeia em alta pelo Sporting, clube que preferiu após deixar o River Plate. A imprensa portuguesa, contudo, não crê na permanência do atleta.

Fato é que, enquanto a janela de transferências internacionais não se abrir, o Corinthians segue com André como principal nome para a função de centroavante. Conforme mostrado na semana passada pelo Meu Timão, o camisa 9 vem sendo blindado pelo clube e ganhando tempo e confiança interna para enfim engatar com a camisa alvinegra.

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes