Ao lado de Roberto de Andrade, presidente da Conmebol participa de encontro na CBF

3.1 mil visualizações 30 comentários

Por Meu Timão

Roberto de Andrade representou Corinthians em evento na CBF

Roberto de Andrade representou Corinthians em evento na CBF

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A sede da CBF recebeu um encontro entre seus representantes, presidentes de alguns clubes do Brasil e o presidente da Conmebol, o paraguaio Alejandro Domínguez. A reunião aconteceu na última terça-feira, contou com participação do mandatário do Corinthians, Roberto de Andrade, e foi divulgada o site da entidade brasileira nesta quarta-feira.

O principal objetivo do encontro, de acordo com a CBF, foi a troca de opiniões e conselhos entre os presidentes dos clubes brasileiros e o mandatório da Conmebol, entidade responsável pela Libertadores da América. No início do ano, agremiações de diferentes países da América do Sul criaram a Liga Sul-Americana para bater de frente com a Conmebol em busca de maiores repassas financeiros.

"Acredito que o mais importante é poder vir à CBF para trabalhar com o presidente e com o comitê executivo. E trabalhar com os principais protagonistas, que são os clubes. Os campeonatos da Conmebol dependem do protagonismo dos clubes. E eu como presidente quero vir aqui e a outros países para falar diretamente com os representantes de clubes e jogadores, e escutar. Escutar para aprender o que se precisa e responder com trabalho", disse Domínguez, conforme reproduzido no site da CBF.

"Então, acredito que é muito importante para mim escutar, prestar contas, que eles saibam números e vejam documentos, que vejam que temos que mudar aos poucos e temos que fazer um trabalho juntos", completou.

Alejandro Domínguez (Foto: Rener Pinheiro / CBF)

Representante do Corinthians no evento, Roberto de Andrade falou em apoiar o presidente que foi eleito no último mês de janeiro em meio a um escândalo de corrupção que rende a prisão e/ou investigação dos últimos três homens que estiveram à frente da Conmebol. O mandatário do Timão também falou em tornar a Libertadores "mais rentável".

"Tivemos uma grande oportunidade de estarmos com o novo presidente, que tem novas ideias. Acho bem pertinente neste momento a gente estar do lado dele por tudo que aconteceu. Fazer uma gestão moderna, equilibrada, melhorar a competição. É tudo o que a gente busca, a melhoria dos clubes, não só do Brasil, mas da América do Sul, de todos que participam da Libertadores. É o que a gente quer, sempre o melhor. Tentar vender melhor os patrocínios da Conmebol e ter uma competição mais rentável. Estamos brigando para isso", declarou.

Veja Mais:

  • Antes da pandemia do novo coronavírus, clube fechou 2019 com déficit de R$ 177 milhões

    Corinthians e outros clube devem ter 'dificuldades de entrar em campo' em 2021, alerta economista

    ver detalhes
  • Por que esses são os corinthianos mais odiados por Palmeiras, São Paulo e Santos?

    VÍDEO: Por que esses são os corinthianos mais odiados por Palmeiras, São Paulo e Santos?

    ver detalhes
  • Volante Ralf foi apresentado no Avaí nesta sexta-feira

    Ralf se diz marcado na história do Corinthians e cita 'página virada' ao vestir camisa do Avaí

    ver detalhes
  • O que ouvimos sobre o novo reforço do Corinthians

    VÍDEO: O que ouvimos sobre o novo reforço do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians interrompeu as atividades do basquete durante pandemia

    Corinthians replaneja quase 50 modalidades devido à pandemia; maioria não deve ser atingida

    ver detalhes
  • Ex-atacante do Corinthians, Célio Taveira morreu aos 79 anos vítima de Covid-19

    Ex-atacante do Corinthians, Célio Taveira morre vítima do novo coronavírus

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: