Símbolo de raça e tricampeão pelo Timão, Ezequiel faz aniversário nesta quinta-feira

Símbolo de raça e tricampeão pelo Timão, Ezequiel faz aniversário nesta quinta-feira

Por Meu Timão

Ezequiel faz aniversário nessa quinta-feira

Ezequiel faz aniversário nessa quinta-feira

Foto: Divulgação

Um dos mais raçudos jogadores a vestir o manto alvinegro nos anos 90, Ezequiel Ataliba completa 54 anos de idade nesta quinta-feira, dia 19 de maio. Camisa 8 do Timão na primeira metade daquela década, ele conquistou os títulos do Brasileirão de 1990, da Copa do Brasil de 1995 e do Campeonato Paulista de 1995.

Diferente da equipe que se sagrou bicampeã brasileira e campeã mundial no fim do século passado, aquele time era marcado mais pela entrega em campo do que pela técnica. Assim, o reserva Ezequiel se especializou em entrar no decorrer das partidas em campo para ajudar a "fechar a casinha" e garantir vitórias magras para o Timão – foi assim no Brasileiro de 90.

Durante sua passagem pelo Corinthians, Ezequiel ficou marcado também por um episódio extracampo. Ao sair do gramado num jogo contra a Ponte Preta, ele foi mordido por um cachorro da Polícia Militar. A confusão foi armada e o caso terminou na delegacia. O elenco, dias depois, brincou com o amigo, questionando se o cão havia morrido após mordê-lo.

Ezequiel jogou no Corinthians de 1990 a 1995. Ele disputou 254 partidas e anotou dez gols.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes