Jogadores do Timão podem ser multados por esconder patrocinador em comemorações

Jogadores do Timão podem ser multados por esconder patrocinador em comemorações

Por Meu Timão

Comemorar gol sem a camisa vai render - além de cartão amarelo - multa aos jogadores

Comemorar gol sem a camisa vai render - além de cartão amarelo - multa aos jogadores

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A Caixa Econômica Federal, atualmente o maior patrocinador do Corinthians, trata com extremo rigor, qualquer tipo de ação que esconda seu logotipo. Para o banco, se um jogador do elenco do Timão comemorar um gol sem deixar evidente o logo da Caixa ou atrapalhar a visibilidade do nome, o clube será punido com multas ou até ter o contrato do vínculo rescindido pelo banco.

Ou seja, no momento da comemoração de um gol ou de títulos pelo Timão, os jogadores não poderão levantar a camisa ou fazer movimento semelhante, nem mesmo cruzar os braços diante de uma câmera durante uma possível comemoração, já que o nome seria ofuscado.

Presente nas cláusulas do contrato assinado em abril deste ano, o documento de 18 páginas estipula grandes punições para quem burlar as regras. Com acesso ao vínculo que envolve o banco e o Corinthians, o jornal O Estado de S.Paulo revelou que as penas ocorrem gradativamente.

A punição inicial prevê que 50 cestas básicas sejam doadas para instituições de caridade divulgadas pelo próprio banco. Caso o erro se repita, o corretivo aumenta para 200 cestas básicas. Em uma terceira ocasião em que a regra seja burlada, o reincidente terá de pagar 500 cestas básicas. Na quarta vez, a rescisão do contrato é realizada pelo banco.

Vinculada ao Timão desde 2012, a Caixa recentemente passou por sua terceira renovação com o clube. O acordo de patrocínio prevê o pagamento de R$30 milhões anuais do banco ao Corinthians.

Veja Mais:

  • Alan Mineiro tem contrato com o Corinthians até o fim de 2018

    Após impasse, meia do Corinthians é anunciado como reforço do Fortaleza

    ver detalhes
  • Corinthians foi bicampeão mundial em 2012, diante do Chelsea, no Japão

    Grêmio cai, e Corinthians segue sendo último sul-americano campeão do Mundial da Fifa

    ver detalhes
  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes