Corinthians faz consulta por Nico Lopez, mas valores afastam acordo

Corinthians faz consulta por Nico Lopez, mas valores afastam acordo

Por Meu Timão

Dono dos direitos do jogador, Udinese cobra caro por Nico López

Dono dos direitos do jogador, Udinese cobra caro por Nico López

Foto: Divulgação/Nacional

A pedido de Tite, o Corinthians está no mercado em busca de um atacante. Apesar de blindar e pedir paciência com André, o treinador e a comissão técnica já estão atrás de outras possibilidades. Além de Leandro Damião, um dos nomes que interessam ao Corinthians é o de Nico López. No entanto, o alto valor pedido pelo clube dono dos direitos do jogador parece emperrar as negociações.

Nesta semana, o empresário de López confirmou que recebeu contato de agentes que gostariam de negociar a ida do atleta ao Corinthians.

Segundo a imprensa estrangeira, o Timão fez uma sondagem, mas o maior problema foram os 6 milhões de euros, cerca de R$ 23,8 milhões, pedidos pela Udinese.

Atualmente, Nico López defende por empréstimo o Nacional-URU, algoz do Corinthians nas oitavas de final da Copa Libertadores, mas pertence ao clube italiano, que pode solicitar sua volta e que está livre para negociar o jogador. Além do Corinthians, quem tem interesse em contratar o atacante é o Internacional, que já fez uma oferta aos italianos.

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Balbuena está fora do confronto de quarta-feira

    Balbuena leva terceiro amarelo, e Corinthians enfrentará Chape com zaga de jovens da base

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes