De olho na Seleção, Elias lamenta derrota em Salvador e nega acerto com chineses

De olho na Seleção, Elias lamenta derrota em Salvador e nega acerto com chineses

Por Meu Timão

Elias em ação contra o Vitória; volante pode ter feito seu último jogo pelo Corinthians

Elias em ação contra o Vitória; volante pode ter feito seu último jogo pelo Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Com Elias em campo, o Corinthians foi derrotado – de virada – pelo Vitória por 3 a 2, neste domingo, no estádio do Barradão, em duelo válido pela segunda rodada do Brasileirão. Após o apito final, o capitão do time alvinegro em Salvador analisou o revés para os baianos, negou estar acertado com o Shandong Luneng (CHN) e falou sobre Seleção Brasileira.

Questionado sobre os “tempos distintos” do Corinthians – a equipe comandada por Tite teve desempenho amplamente superior nos primeiros 45 minutos –, Elias disse não ver desta forma. “Acho que o Vitória cresceu um pouco. Tomamos os gols em erros nossos, mas mesmo assim continuamos criando. Demos três, quatro oportunidades de gol e não fizemos. Um time que se expõe muito às vezes vai falhar defensivamente. É ter mais tranquilidade pra fazer os gols”, afirmou.

Como esperado, o assunto “China” voltou à tona. Depois de quase se transferir para o Hebei China Fortune (CHN) no início do ano, quando o Timão perdeu metade do esquadrão hexacampeão nacional, Elias está próximo de reforçar o Shandong Luneng, equipe chinesa comandada pelo técnico Mano Menezes e conta com o zagueiro Gil, ambos ex-Corinthians.

“É difícil falar, até porque não tem nada. Só sondagem mesmo que eu soube pela imprensa. Mas é difícil falar se é a última [partida]. Saio chateado porque agora vou pra Seleção e queria participar dessa retomada do clube. Coração apertado, queria participar dessa retomada. Vou deixar na mão de Deus, se for melhor pra mim ficar, vou ficar. Por enquanto, falo como jogador do Corinthians e vai ser assim até que algo mude”, ponderou o meio-campista.

Indagado se o Shandong já teria entrado em contato com seus empresários, o camisa 7 do Timão desconversou. “Não, não me passaram nada. Tô falando sério, soube pela imprensa o interesse de alguns clubes chineses. Até mim, não chegou nada. Em janeiro foi diferente, tinha chegado algumas coisas e escolhi ficar”, finalizou.

Elias se apresenta à Seleção Brasileira nesta segunda-feira para a disputa da Copa América Centenário, nos Estados Unidos, entre os dias 03 e 26 de junho. O volante pode desfalcar o Corinthians em até nove rodadas do Campeonato Brasileiro. O Timão volta a campo já nesta quinta-feira, frente à Ponte Preta, às 11h (de Brasília), na Arena.

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes