Corinthians completa um ano sem derrotas no Brasileiro na Arena

Corinthians completa um ano sem derrotas no Brasileiro na Arena

Por Meu Timão

Torcida que comparece à Arena costuma comemorar vitórias atrás de vitórias

Torcida que comparece à Arena costuma comemorar vitórias atrás de vitórias

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Com a vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, conquistada na última quinta-feira, o Corinthians chegou a um impressionante feito como mandante: completará um ano de invencibilidade na Arena em jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro.

A última derrota do Corinthians em Itaquera pela competição nacional aconteceu apenas no dia 31 de maio de 2015. Na ocasião, o Palmeiras bateu o Timão por 2 a 0. A próxima atuação do Timão em casa acontecerá apenas no dia 1º de junho, contra o Santos. Ou seja, a equipe Tite tem assegurada a invencibilidade de um ano.

Nesse período, que coroou o título do Campeonato Brasileiro de 2015, o Corinthians conquistou 16 vitórias e apenas três empates nas 19 partidas que disputou. Foram 43 gols feitos e só 11 sofridos.

Vale lembrar que a última derrota do Timão em Itaquera levando em consideração todos os torneios aconteceu em 26 de agosto de 2015, há nove meses. Na ocasião, o Corinthians perdeu por 2 a 1 para o Santos, em duelo válido pela Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Alessandro Nunes, Fábio Carille e Flavio Adauto estão unidos na busca por reforços para 2018

    Carille confirma conversas por contratações e vê com otimismo planejamento do Corinthians para 2018

    ver detalhes
  • O GERENTE ENLOUQUECEU

    VÍDEO: O GERENTE ENLOUQUECEU

    ver detalhes
  • Carille conversou com técnico do Avaí sobre possível reforço do Corinthians para 2018

    [Marco Bello] Carille conversou com técnico do Avaí sobre possível reforço do Corinthians para 2018

    ver detalhes
  • Kazim e Pablo marcaram presença em show de Bruno Mars no estádio do Morumbi

    Jogador do Corinthians se envolve em confusão com conselheiro são-paulino no Morumbi

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes