Após derrotas consecutivas, Corinthians volta a jogar no Nordeste para findar jejum

Após derrotas consecutivas, Corinthians volta a jogar no Nordeste para findar jejum

Por Meu Timão

Fagner marcou gol do Corinthians no Barradão, mas o Timão acabou derrotado

Fagner marcou gol do Corinthians no Barradão, mas o Timão acabou derrotado

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O Corinthians entra em campo na manhã deste domingo, contra o Sport, na Ilha do Retiro, às 11h, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Em campo estará a chance de o Timão findar uma incômoda sequência de duas derrotas seguidas atuando no Nordeste.

No ano passado, em 29 de novembro, pela penúltima rodada do Brasileirão, quando o Corinthians já havia se consagrado hexacampeão nacional, a equipe de Tite acabou derrotada por 2 a 0 para o Sport na Arena Pernambuco. No último domingo, no Barradão, foi a vez de sair de campo derrotado por 3 a 2.

A última vitória do Corinthians no Nordeste aconteceu no dia 18 de julho de 2015. Na ocasião, o Timão venceu o ABC por 1 a 0, em Natal, em partida amistosa.

Levando em consideração apenas partidas oficiais, o Corinthians bateu o Bahia por 2 a 1 no dia 16 de novembro de 2014, em Salvador. O duelo foi válido pelo Brasileirão daquela temporada.

Veja Mais:

  • Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    ver detalhes
  • Clayson comemora gol sobre o São Paulo, o primeiro dele pelo Timão

    Na raça! Clayson decide, Corinthians empata no Morumbi e mantém invencibilidade contra rival

    ver detalhes
  • Líder do Brasileirão, Corinthians empatou com o São Paulo por 1 a 1 neste domingo

    Com tropeço do Grêmio, Corinthians vê rivais se aproximarem na tabela; veja classificação

    ver detalhes
  • Clayson assegurou empate fora de casa ao Timão

    Cássio brilha, mas reserva é eleito o melhor do Corinthians no clássico; Jadson destoa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes