Em alta na Seleção, Renato Augusto usa passagem no Timão como referência de sucesso

Em alta na Seleção, Renato Augusto usa passagem no Timão como referência de sucesso

Por Meu Timão

Renato Augusto foi peça fundamental na conquista do Campeonato Brasileiro em 2015

Renato Augusto foi peça fundamental na conquista do Campeonato Brasileiro em 2015

Foto: Rodrigo Gazzanel / Agência Corinthians

Atuando no futebol chinês desde o início da temporada, o meia Renato Augusto deixou de lado as dificuldades por atuar em um campeonato com menos visibilidade e deu sequência às apresentações positivas pela Seleção Brasileira. Titular em grande parte do amistoso diante do Panamá, na vitória por 2 a 0, o jogador usou o Corinthians como referência quando questionado sobre a função determinada pelo técnico Dunga ao longo da partida.

“É uma função que eu já exerci várias vezes, tanto no Corinthians como na Alemanha. Contra o Paraguai, nas Eliminatórias, fiz isso no segundo tempo. É uma posição que gosto de jogar e quero estar jogando. Quero ajudar e sair daqui campeão”, disse o meia.

Titular absoluto no esquema de Dunga, Renato Augusto foi substituído perto do apito final e demonstrou versatilidade ao longo dos 90 minutos. Isso porque, o meia iniciou a partida atuando pelo lado esquerdo do campo e, a partir do decorrer da segunda etapa, exerceu a função de meia central, justamente onde apresentou êxito atuando pelo Corinthians em 2015.

Em três anos defendendo as cores do Timão, Renato Augusto entrou em campo por 122 vezes e balançou as redes em 13 oportunidades. Com a camisa do Corinthians, o meia conquistou o Campeonato Paulista e Recopa Sul-Americana em 2013, além do Campeonato Brasileiro na temporada passada.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes