Dois é bom, três é melhor ainda: Corinthians-2016 ganha reforço na armação

Dois é bom, três é melhor ainda: Corinthians-2016 ganha reforço na armação

Por Meu Timão

Trio de meias do Corinthians vai se entrosando nos últimos dias

Trio de meias do Corinthians vai se entrosando nos últimos dias

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O Corinthians versão 2016, com alguns meses de atraso, vai enfim tomando forma. Com elenco bastante modificado em relação ao ano anterior, o Timão passou a render um bom futebol desde que o técnico Tite colocou Guilherme, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel para atuar juntos no meio de campo alvinegro.

Em relação ao ano passado, a principal mudança está no número de armadores. Enquanto no consagrado esquema 4-1-4-1 de 2015 a dupla Renato Augusto e Jadson era a responsável pela criação das jogadas, o plano tático 4-2-3-1 utilizado atualmente coloca o trio Guilherme, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel como cérebros da equipe.

O grande diferencial entre as equipes está na ala esquerda. No ano passado, apesar de não ser unanimidade entre os torcedores, o jovem Malcom era titular absoluto do ataque ao lado de Vagner Love, "roubando" a vaga que poderia ser ocupada por um terceiro meia. Em 2016, Lucca e Ángel Romero não conseguiram render por lá quando testados por Tite.

A partir da segunda rodada do Campeonato Brasileiro, no jogo contra o Vitória, no Barradão, Tite decidiu abrir mão desse meia-atacante. Armou a equipe com três meias e viu Guilherme renascer como jogador mais ofensivo. Naquela ocasião, ainda no esquema 4-1-4-1 com Elias como volante avançado, a equipe oscilou e acabou derrotada.

Quatro dias depois, contra a Ponte Preta, Tite não pôde contar com Elias, que está na Seleção Brasileira. O desfalque abriu caminho para o surgimento do 4-2-3-1, com Cristian e Bruno Henrique como volantes. O esquema deu ainda mais liberdade para a trinca de armadores, que deitaram e rolaram tanto contra os campineiros quanto contra o Sport, no último domingo.

Se em 2015 a utilização de dois armadores mostrou-se uma boa pedida, por que não apostar em três para 2016?

Veja Mais:

  • Fausto Bittar Filho era diretor da base da Corinthians

    Ex-diretor da base fala ao Meu Timão: 'Só peço que não retroceda o que estava sendo feito'

    ver detalhes
  • Pedrinho é a grande novidade entre os titulares

    Apostando na força da base, Corinthians recebe o Red Bull Brasil na Arena

    ver detalhes
  • Marlone está deixando o Corinthians para atuar no Atlético-MG

    Postura de Marlone no dia a dia fez diretoria do Corinthians aceitar pedido de liberação de agente

    ver detalhes
  • Corinthians fez a alegria em dia de treino da Seleção Brasileira

    Garoto rouba cena e manda ‘Vai, Corinthians’ para Casemiro em treino da Seleção; veja o vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes