Jornalista lança livro repleto de histórias e polêmicas sobre Tite nesta segunda-feira

4.0 mil visualizações 23 comentários

Por Meu Timão

Tite contou os detalhes do dia-a-dia no Corinthians na obra

Tite contou os detalhes do dia-a-dia no Corinthians na obra

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Visto como um dos mais importantes treinadores da história do Corinthians e, atualmente, um dos melhores em atividade no Brasil, o técnico Tite será homenageado na noite desta segunda-feira com o lançamento de um livro que aborda sua carreira como tema principal.

Produzida pela jornalista Camila Mattoso, repórter da Folha de S.Paulo, a obra registra desde os momentos mais marcantes do treinador, até os que menos foram divulgados e, consequentemente, passaram longe do conhecimento dos torcedores corinthianos. O lançamento acontece na Livraria Saraiva, no Shopping Pátio Paulista, em São Paulo, a partir das 19h. A presença do técnico Tite não está confirmada até o momento.

Adenor Leonardo Bacchi, o Tite, com 55 anos completados na última semana, revela os bastidores e episódios de sua passagem no Corinthians no livro e conta como a preferência pelo Timão contribuiu em suas escolhas. Algumas histórias contidas na obra trazem momentos polêmicos, como a conversa com Alexandre Pato após o pênalti cobrado na Copa do Brasil em 2013.

Confira algumas histórias do livro Tite

Conversa com Pato
Um dos episódios mais difíceis de Tite como treinador do Corinthians certamente ocorreu durante a eliminação na Copa do Brasil de 2013. Principal comandante do elenco, Tite teve que acalmar os ânimos de todos os atletas após a eliminação. Apontado como culpado pela desclassificação, o atacante Alexandre Pato, foi alvo de críticas do treinador instantes depois da eliminação, ainda no vestiário. O antigo camisa 7 optou por uma cobrança de cavadinha, mas não teve êxito, facilitando a defesa do goleiro gremista, Dida. No livro, Tite revela os detalhes da conversa polêmica com o atacante.

Possível ida à Seleção Brasileira
Devido ao status positivo criado a partir das conquistas dos últimos anos pelo Corinthians, ofertas não faltaram para Tite deixar o clube. Porém, o comandante não esconde o amor e comprometimento pelo Timão e provou isso a partir de sua permanência após receber proposta da Seleção Brasileira. Na obra, o treinador expõe os detalhes do contato realizado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) em 2015 e relata de qual maneira descartou uma oferta que seria irrecusável por grande parte dos treinadores brasileiros.

Proposta do Inter em 2014
Além de ser procurado pela Seleção Brasileira, outra escolha pesou bastante em sua carreira. Muito identificado também no Internacional, o treinador foi procurado pelo clube gaúcho em 2014, período em que estava desempregado após deixar o comando técnico do Corinthians na temporada anterior. Tite evidencia que, logo depois da conversa inicial com o presidente do Internacional, entrou em contato com Roberto de Andrade para ter a resposta sobre o possível retorno em 2015. Com o aval do presidente corinthiano, o treinador deu prioridade ao Timão e rejeitou a oferta da equipe gaúcha.

Veja Mais:

  • Zagueiro Bruno Méndez está há mais de um ano no Corinthians

    Fifa de olho: Corinthians tem até julho para pagar Wanderers; promessa é quitar nos próximos dias

    ver detalhes
  • Por que esses são os corinthianos mais odiados por Palmeiras, São Paulo e Santos?

    VÍDEO: Por que esses são os corinthianos mais odiados por Palmeiras, São Paulo e Santos?

    ver detalhes
  • Seguidos por milhões, por que nossos ídolos se calam?

    [Lucas Faraldo] Seguidos por milhões, por que nossos ídolos se calam?

    ver detalhes
  • Antes da pandemia do novo coronavírus, clube fechou 2019 com déficit de R$ 177 milhões

    Corinthians e outros clube devem ter 'dificuldades de entrar em campo' em 2021, alerta economista

    ver detalhes
  • Volante Ralf foi apresentado no Avaí nesta sexta-feira

    Ralf se diz marcado na história do Corinthians e cita 'página virada' ao vestir camisa do Avaí

    ver detalhes
  • Ex-atacante do Corinthians, Célio Taveira morreu aos 79 anos vítima de Covid-19

    Ex-atacante do Corinthians, Célio Taveira morre vítima do novo coronavírus

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: