Marquinhos Gabriel se vê como potencial protagonista no Timão e faz promessa

Marquinhos Gabriel se vê como potencial protagonista no Timão e faz promessa

Por Meu Timão

Marquinhos Gabriel mata no peito responsabilidade de jogar pelo Timão

Marquinhos Gabriel mata no peito responsabilidade de jogar pelo Timão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Um dos destaque no reformulado meio de campo do Corinthians, Marquinhos Gabriel quer, enfim, ser protagonista. Após ser coadjuvante com as camisas de Internacional, Sport, Bahia, Palmeiras e Santos, o camisa 31 do Timão sonha em ser destaque de um eventual heptacampeonato brasileiro.

Em entrevista concedida ao jornal Lance!, Marquinhos comentou sobre as primeiras semanas com a camisa do Corinthians. Aos 25 anos, ele reconhece que há bastante expectativa por parte da torcida e do próprio clube em torno do seu futebol. Não à toa, já é considerado titular absoluto da equipe alvinegra.

"Não cheguei em outros clubes com tanto peso. Estou sentindo isso agora, mas tenho que trazer para a parte positiva, trabalhar cada vez mais, pois sei que a cobrança vai existir. Não que não existisse em outros lugares, mas agora eu sei que será maior. Minha dedicação será sempre a maior possível para que eu me mantenha em um nível alto de competitividade e até para trazer o retorno e a confiança que depositaram em mim. Preciso fazer com que esse protagonismo se torne real, mas sem esquecer o lado coletivo", afirmou.

Ao ser questionado se está preparado para lidar com as cobranças que um protagonista naturalmente recebe, Marquinhos dominou no peito. O meia garantiu estar sempre "dando a cara a tapa" nas situações de turbulência.

"Todo jogador tem que ser assim, buscar o jogo, aparecer quando a equipe está perdendo. Em nenhum momento vou me omitir. Vai ter momentos que vou acertar, em outros, errar, mas nunca vou deixar de me apresentar nas horas difíceis", disse.

Horas difíceis, aliás, ele já teve oportunidade de presenciar em seu primeiro mês no Corinthians. Logo após sua chegada, o Timão foi eliminado do Paulistão e da Libertadores, além de ter início ruim no Brasileirão. Após a equipe engatar duas vitórias consecutivas e retomar o bom futebol, o meia se sente confortável em prometer um título para o fim do ano:

"Com certeza vamos dar a volta por cima e conseguir coisas maravilhosas nessa temporada (...) confio muito no elenco que temos aqui. Com o Tite tirando o máximo de cada jogador, temos um excelente grupo e vamos brigar pelo título. Tem que aprimorar algumas situações, mas com certeza brigaremos pelo título", declarou.

Veja Mais:

  • Warian é um dos que pode ser emprestado; Maycon, que foi para a Ponte e voltou para ser titular, vira exemplo

    Por mais rodagem, parte dos jovens do elenco do Corinthians pode ser emprestada; veja candidatos

    ver detalhes
  • Pablo já disse mais de uma vez que quer permanecer no Corinthians

    Corinthians sobe oferta e espera sim de Pablo: 'Espero que seja suficiente'

    ver detalhes
  • Alvo do Corinthians, Roger deve ser oficializado como reforço do Internacional nos próximos dias

    Decisão de Roger não é repudiada pela diretoria do Corinthians: ‘Faz parte...’

    ver detalhes
  • Ginásio Wlamir Marques recebeu jogo 4 da final do NBB em 2017

    Corinthians faz pré-inscrição na Liga Ouro e reativa basquete após 21 anos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes