Roberto Carlos será julgado por jogada violenta após expulsão em clássico

Roberto Carlos será julgado por jogada violenta após expulsão em clássico

Por Meu Timão

Roberto Carlos deu um carrinho e acabou expulso no primeiro clássico

Roberto Carlos deu um carrinho e acabou expulso no primeiro clássico

Como já era de esperar, Roberto Carlos foi mesmo denunciado por jogada violenta, como prevê o artigo 254 do novo Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), e seu julgamento foi marcado para a próxima segunda-feira, dia 8 de fevereiro, às 18h, pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD/SP). O lateral do Corinthians pode pegar até seis partidas de suspensão.

A denúncia foi baseada no relato da súmula do árbitro Wilson Luiz Seneme, que expulsou Roberto Carlos com apenas oito minutos do clássico do último domingo, dia 31 de janeiro, contra o Palmeiras.

“Expulso direto por ter desferido e atingido com um carrinho e uso de força excessiva, as pernas de seu adversário de n. 18, Sr. João Arthur Bueno de Camargo (Joãzinho), na disputa de bola. Informo que o jogador atingido prosseguiu na partida normalmente apos atendimento médico”. Isto foi o que escreveu Seneme na súmula, lembrando a aplicação do cartão vermelho de forma direta.

Como a pena mínima do artigo em que foi denunciado é de uma partida, Roberto Carlos pode nem ser problema no Corinthians, uma vez que ele cumpre a automática nesta quarta-feira, dia 3, contra a Ponte Preta, em Campinas, e assim já diminiu um jogo de uma possível punição.

O jogador, pentacampeão com a Seleção Brasileira em 2002, retornou ao Brasil neste ano depois 15 temporadas na Europa, e não demorou nem três partidas para ser levado a julgamento pela Justiça Desportiva local.

Adiado na última sessão do TJD/SP, o julgamento do Corinthians por atraso de quatro minutos para retornar ao segundo tempo da partida contra o Oeste, realizada na última quarta-feira, dia 27 de janeiro, pela quarta rodada do Campeonato Paulista, foi remarcado para a próxima segunda-feira, dia 8, juntamente com o julgamento de Roberto Carlos.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • Equipe superou o erro da arbitragem e venceu clássico com um a menos

    Épico! Histórico! Na raça! Corinthians supera lambança da arbitragem e vence o Dérbi na Arena

    ver detalhes
  • Victor Hugo, do Palmeiras, deu uma cotovelada no rosto de Pablo, do Corinthians

    Sem bola, Victor Hugo dá cotovelada em rosto de Pablo

    ver detalhes
  • Thiago Duarte Peixoto deixa a Arena Corinthians de terno e gravata

    Com lágrima no olho, árbitro assume erro com Gabriel: 'Só peço que minha carreira não acabe'

    ver detalhes
  • TV fez leitura labial do quarto árbitro

    TV faz leitura labial de quarto árbitro: 'Não foi o Gabriel'

    ver detalhes

Seneme exagerou na expulsão e relatando na súmula?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes