Súmula do jogo identifica torcedor e livra Corinthians de punição por sinalizadores

Súmula do jogo identifica torcedor e livra Corinthians de punição por sinalizadores

Por Meu Timão

No sábado, torcedores acenderam sinalizadores pouco tempo antes do apito inicial do jogo

No sábado, torcedores acenderam sinalizadores pouco tempo antes do apito inicial do jogo

Foto: Tamara Guimarães/Meu Timão

A identificação de um corinthiano envolvido no uso de sinalizadores momentos antes do início do jogo contra o Coritiba, na noite de sábado, em Itaquera, deve livrar o Corinthians de uma eventual punição. De acordo com a súmula da partida, um dos torcedores que acenderam os artefatos foi levado à delegacia pela Polícia Militar para prestar boletim de ocorrência.

“(...) foi identificado o torcedor Sr. Tiago Gonçalves da Silva (...) sendo que o mesmo foi detido pelo policiamento e levado à delegacia para ser efetuado o boletim de ocorrência deste ato”, relatou o árbitro gaúcho Anderson Daronco, responsável pelo duelo na Arena Corinthians.

O uso de sinalizadores por parte da torcida do Timão tem se tornado cada vez mais comum. Na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, disputada em janeiro, a Gaviões da Fiel, maior torcida organizada do clube, soltou os artefatos no fim do segundo tempo como forma de protesto contra a elitização do futebol. Dias depois, a Federação Paulista de Futebol (FPF) proibiu a uniformizada de entrar nos estádios paulistas com objetos que a identificassem por 60 dias.

No início do mês passado, a Fiel voltou a protestar nas arquibancadas a respeito da medida adotada pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) em fevereiro de 2013, quando determinou o fim dos sinalizadores em jogos de futebol. Pouco antes de a bola rolar para Timão x Nacional (URU), corinthianos localizados no setor Norte acenderam os artefatos e ergueram faixas com os dizeres: “Toda essa festa é por amor ao nosso Timão, e isso não é crime”.

A lei imposta pelo TJD impõe punições severas a quem descumpri-la, como o pagamento de multa e até a perda do mando de campo. No entanto, como um dos responsáveis pelo ato foi identificado, o clube do Parque São Jorge não deve ser indiciado. “Relato que o uso dos sinalizadores não causou prejuízo ao início da partida”, acrescentou a súmula.

Um fato curioso foi registrado por Daronco juiz ao apito final. O massagista do Coritiba, Vanderlei Belarmino, foi expulso aos 25 minutos do segundo tempo por xingar o árbitro gaúcho. “Esse juiz tá roubando a gente”, reclamou o profissional. Após se retirar do banco de reservas, Belarmino ainda disparou: “Esse juiz é um ladrão safado”.

Olho nos rivais! – A torcida do Corinthians não foi a única a acender sinalizadores na edição 2016 da Taça Libertadores. Nos jogos contra River Plate (ARG) e Toluca (MEX), pela fase de grupos e oitavas de final, respectivamente, são-paulinos usaram os artefatos sem quaisquer pronunciamentos da Conmebol.

Veja Mais:

  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes