Liderança do Timão no BR-16 por disciplina é 'prêmio' à filosofia de Tite. Entenda!

Liderança do Timão no BR-16 por disciplina é 'prêmio' à filosofia de Tite. Entenda!

Por Meu Timão

Tite exige que os jogadores treinem sem caneleiras

Tite exige que os jogadores treinem sem caneleiras

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro ao término da última rodada por ser mais disciplinado do que o Grêmio, vice-líder. Empatados em número de pontos, vitórias, saldo e gols-pró, paulistas e gaúchos diferem no número de cartões, critério no qual o Timão leva vantagem. E esse primeiro lugar (ainda provisório, haja vista que restam 32 rodadas para o fim do torneio) soa como prêmio simbólico ao técnico Tite e a sua filosofia de jogo limpo.

Tite tem como uma de suas principais marcas a disciplina. No ano passado, enquanto jornalistas e torcedores enalteciam o número de vitórias, de gols sofridos e feitos, de aproveitamento como mandante e visitante, o treinador sempre fez questão de destacar o baixo número de faltas da equipe. Não à toa, o Corinthians recebeu o Prêmio Fair Play no Brasileirão de 2015, como time menos faltoso da competição.

"Dá pra vencer sendo o melhor sem cusparada. Dá pra ser o melhor e ser mais disciplinado", destacou o comandante alvinegro na ocasião.

E o feito de Tite foi repetido no Paulistão desse ano. Dessa vez sem o título, o Corinthians pôde ao menos se gabar de ter recebido o Prêmio Fair Play. Aliás, tal troféu, que existe desde 1995, foi vencido quatro vezes pelo Timão, e em três dessas oportunidades a equipe estava sob comando de Tite: 2011, 2013 e agora 2016.

Tite leva tão a sério a questão disciplinar que passou a exigir de seus jogadores que treinem sem caneleira. Trata-se de uma estratégia para acostumar os atletas do Corinthians a sempre medirem a intensidade necessária antes de entrar numa dividida, presando pelo espetáculo e pela saúde dos profissionais.

Ou seja, a liderança do Corinthians no Brasileirão é merecida. E vai muito além de uma mera questão de quantidade de cartões.

Veja Mais:

  • Clayson foi escolhido por Carille para, mais uma vez, substituir Jadson

    Corinthians encerra preparação, e Carille mantém escalação sem Jadson para jogo deste sábado

    ver detalhes
  • Fagner já tem 208 jogos, sete gols e dois títulos pelo Corinthians

    Fagner fala sobre fazer história no Corinthians, revela papo com Léo Príncipe e manda recado à Fiel

    ver detalhes
  • Adauto disse contar com Walter, mas goleiro não será obrigado a permanecer

    Diretor do Corinthians explica situação de Walter, prevê volta de Douglas e alfineta rival

    ver detalhes
  • Paulinho botando Ashley Cole para correr na vitória sobre o Chelsea, em 2012

    'Alto nível': passagem de Paulinho pelo Corinthians é citada por dirigente do Barcelona

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes