Novo técnico do Chelsea relembra 'recomeço' de Pato no Timão

Novo técnico do Chelsea relembra 'recomeço' de Pato no Timão

Por Meu Timão

Com o empréstimo próximo do fim, Pato não sabe se permanecerá no Chelsea

Com o empréstimo próximo do fim, Pato não sabe se permanecerá no Chelsea

Foto: Divulgação

A permanência ou não de Alexandre Pato no Chelsea (ING) no segundo semestre de 2016 dependerá da anuência de Antonio Conte, técnico que assumirá a equipe londrina depois de comandar a seleção italiana na Eurocopa. Engana-se, no entanto, quem pensa que o comandante não domina o passado recente do ainda atacante do Timão.

Mesmo sem ser apresentado oficialmente pelos Blues, Conte recordou o início da carreira de Pato, que chegou a brilhar com a camisa do Milan (ITA), mas teve a trajetória na Europa interrompida em função de uma série de contusões. Não o bastante, o treinador afirmou que o brasileiro reencontrou o bom futebol quando chegou ao Parque São Jorge.

“Eu conheço o Pato desde os tempos do Milan, onde ele foi muito bem no começo, depois optou por regressar ao Brasil, foi para o Corinthians, onde voltou a ser o Pato que a gente conhecia na Itália, porque nos últimos anos no Milan ele tinha caído um pouco de rendimento”, disse Conte, em entrevista ao GloboEsporte.com.

O Corinthians detém 60% dos direitos econômicos de Pato e ainda sonha com a improvável venda do atacante, emprestado ao Chelsea até dia 30. Caso os Blues queiram adquiri-lo em definitivo, terão de desembolsar cerca de 12 milhões de euros (R$ 52,8 milhões). O brasileiro recebe em torno de R$ 800 mil mensais e pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe a partir de julho.

Apesar do tom otimista de Conte em relação ao atleta, o futuro de ambos juntos no time britânico ainda é uma incógnita. “É um bom jogador, certamente, mas eu não posso falar desse assunto agora”, minimizou o técnico.

Veja Mais:

  • Gustavo Scarpa está negociando com o Corinthians para 2018

    Arquirrival perde força, e Corinthians volta ao páreo pela contratação de Scarpa

    ver detalhes
  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Alessandro falou sobre o planejamento do Corinthians para 2018

    Alessandro explica busca de reforços e comenta volta de dois emprestados: 'Díficil'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes