Mano Menezes é demitido e pode influenciar em saída de Elias do Timão

178 mil visualizações 296 comentários

Por Meu Timão

Elias e Mano Menezes trabalharam juntos pela última vez no Timão em 2014

Elias e Mano Menezes trabalharam juntos pela última vez no Timão em 2014

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Dois dias depois da demissão do técnico Vanderlei Luxemburgo, outro técnico brasileiro não obteve sucesso no futebol chinês e foi demitido. Desta vez, Mano Menezes, que comandava o Shandong Luneng, abandonou os planos no futebol oriental e optou pelo retorno ao Brasil.

A saída do ex-treinador corinthiano pode influenciar diretamente em um assunto importante para a Fiel: a permanência de Elias no restante da temporada. O camisa 7 era um pedido do técnico Mano Menezes para o segundo semestre. O interesse no volante é antigo e o acerto vinha sido dado como certo nos bastidores. Mano Menezes e o jogador já trabalharam juntos no Corinthians e Flamengo, algo que facilitaria a adaptação de Elias no novo país.

Concentrado junto à Seleção Brasileira, a tendência é que, ao término da Copa América Centenário, Elias retorne ao Corinthians e defina sua permanência para o restante da temporada.

Sob o comando do Shandong Luneng, Mano Menezes conseguiu a classificação para a disputa da Liga dos Campeões da Ásia, porém a equipe vive momento ruim no Campeonato Chinês e figura as últimas colocações na classificação, o que resultou no término do vínculo entre o treinador e o clube.

“Agradecemos aos jogadores, ao clube pela oportunidade, à torcida pelo apoio e à imprensa pela cobertura correta e equilibrada da nossa passagem pelo futebol chinês. Sobretudo, desejamos sucesso ao Shandong Luneng na sequência do trabalho”, publicou Mano Menezes em seu site.

Além da permanência de Elias no Timão, a saída de Mano pode resultar em especulações sobre o retorno de ex-corinthianos importantes: o zagueiro Gil e o fisioterapeuta Bruno Mazziotti. Em nota divulgada por Mano Menezes, o técnico não confirma o possível retorno de Bruno junto à comissão técnica.

Sobre Gil, também nada foi dito, por enquanto, mas existe a possibilidade de uma insatisfação após a saída do técnico brasileiro. O mesmo aconteceu no Tianjin Quanjian, que após a saída de Luxemburgo, já começa a viver com a possibilidade da quebra de contrato de Jadson e outros brasileiros que estavam lá por conta do treinador.

Veja Mais:

  • Antes da pandemia do novo coronavírus, clube fechou 2019 com déficit de R$ 177 milhões

    Corinthians e outros clube devem ter 'dificuldades de entrar em campo' em 2021, alerta economista

    ver detalhes
  • Por que esses são os corinthianos mais odiados por Palmeiras, São Paulo e Santos?

    VÍDEO: Por que esses são os corinthianos mais odiados por Palmeiras, São Paulo e Santos?

    ver detalhes
  • Volante Ralf foi apresentado no Avaí nesta sexta-feira

    Ralf se diz marcado na história do Corinthians e cita 'página virada' ao vestir camisa do Avaí

    ver detalhes
  • O que ouvimos sobre o novo reforço do Corinthians

    VÍDEO: O que ouvimos sobre o novo reforço do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians interrompeu as atividades do basquete durante pandemia

    Corinthians replaneja quase 50 modalidades devido à pandemia; maioria não deve ser atingida

    ver detalhes
  • Ex-atacante do Corinthians, Célio Taveira morreu aos 79 anos vítima de Covid-19

    Ex-atacante do Corinthians, Célio Taveira morre vítima do novo coronavírus

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: