Decisivo diante do Coritiba, Uendel revela o motivo principal de sua escalação

Decisivo diante do Coritiba, Uendel revela o motivo principal de sua escalação

Por Meu Timão

Camisa 6 teve atuação determinante no último sábado e contribuiu para a virada do Corinthians

Camisa 6 teve atuação determinante no último sábado e contribuiu para a virada do Corinthians

Foto: Agência Corinthians

Essencial no último compromisso do Timão pelo Campeonato Brasileiro, quando foi o autor da assistência para o gol de André e, na sequência, marcou o segundo gol que decretou a vitória corinthiana sobre o Coritiba por 2 a 1, o lateral-esquerdo Uendel garantiu que, por pouco, não foi poupado da partida. O camisa 6 era um dos jogadores do elenco que mais apresentava desgaste físico e tinha a presença dada como incerta até minutos antes do anúncio da escalação.

“Não foi uma decisão minha só. Trabalhamos em conjunto. Fizemos todos os exames. Deram ruins, bastante desgaste. Mas ao mesmo tempo estava me sentindo bem. Estava esse conflito de estar me sentindo bem e os números não. Só que a palavra final é sempre do professor, ele que avalia. Ele conversou comigo, eu disse que estava me sentindo bem. Ele analisou os números, confiou na minha palavra”, disse.

A dúvida a respeito da escalação do camisa 6, inclusive, causou muita revolta nos jogadores do Cartola FC, tendo em vista que o jogador apresentou uma nota significativa no Fantasy Game.

Ainda sobre os bastidores da escalação, Uendel relembrou da importância de toda a comissão técnica corinthiana na decisão por iniciar a partida e garantiu que Guilherme Arana, substituto imediato da posição, estava pronto para começar jogando diante do clube paranaense.

“E não é só ele que decide, tem os preparadores. Aí só fiquei sabendo na hora da preleção, mas estava preparado, estava concentrado, assim como o Arana estava sob aviso. Bom que eu pude jogar, não sentir nada. Acho que foi a decisão acertada”, acrescentou.

Muito satisfeito com o rendimento apresentado, o lateral classificou a atuação como uma das melhores desde que chegou ao Timão, ressaltando que o setor defensivo, muito exigido pelo técnico Tite, é a prioridade inicial de sua posição no sistema tático.

“Acho que foi uma das melhores. Dar assistência, fazer gol, foi muito importante. Mas fiz bons jogos, talvez não tenha feito gols, mas fiz bons jogos. Tanto que lateral tem a primeira parte defensiva. Tem que sobressair contra o ponta. Mas quando faz o gol tem maior repercussão”, finalizou Uendel.

No Timão desde 2014, quando chegou após ser negociado pela Ponte Preta, Uendel acumula 81 partidas pelo clube. Em três temporadas vestindo a camisa do Corinthians, o camisa 6 possui seis gols marcados.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes