Estádio é interditado, e jogo do Corinthians deve sofrer nova alteração

Estádio é interditado, e jogo do Corinthians deve sofrer nova alteração

Por Meu Timão

Mané Garrincha ficará de portas fechadas por tempo indeterminado

Mané Garrincha ficará de portas fechadas por tempo indeterminado

Foto: Danilo Borges/Portal da Copa

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva determinou a interdição do estádio Mané Garrincha, em Brasília. O pedido da Procuradoria foi acatado pelo presidente do órgão, Caio Cesar Rocha. O estopim para que o estádio seja fechado foi a pancadaria entre palmeirenses e flamenguistas no último domingo.

"Não reúne condições para receber partidas com a devida segurança. A interdição deverá ser mantida até que sejam apresentadas soluções que garantam a plena segurança do Estádio", declarou Rocha, em nota.

"A(...) Procuradoria acosta aos autos elementos de prova no sentido de que não é a primeira vez que acontece um evento dessa natureza no estádio objeto do presente pedido de interdição", completa.

Assim, o jogo entre Corinthians e Fluminense, com mando dos cariocas, que foi marcado para o Mané Garrincha no próximo dia 16, deverá sofrer nova alteração. Em princípio, a partida estava prevista para o Rio de Janeiro. O Fluminense vem mandando seus jogos no modesto estádio do Volta Redonda.

Como a partida já estava confirmada pela CBF para o Mané Garrincha, os ingressos já estavam sendo vendidos. Para os corinthianos, havia três setores à disposição: Anel Superior, Hospitality e Anel Inferior. Os preços das entradas variavam de R$ 40 a R$ 160.

Fato é que a interdição, de acordo com o presidente do STJD, deve ficar válida "até que sejam apresentadas soluções que garantam a completa segurança no estádio, seja em relação à própria infraestrutura da arena, seja em relação à elaboração de protocolos de segurança específicos para tal estádio".

Vale lembrar que a briga entre palmeirenses e flamenguistas não foi a primeira a ser registrada no Mané Garrincha. A própria torcida do Corinthians já esteve envolvida em um episódio de cenas lamentáveis no estádio de Brasília, em jogo contra o Vasco, em 2013.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes