Treino diferente, improviso e retorno de titular marcam atividade do Corinthians desta quarta

Treino diferente, improviso e retorno de titular marcam atividade do Corinthians desta quarta

Por Lucas Mariano

Após coletivo com estratégia diferente, Tite treinou jogadas de bola parada com os titulares

Após coletivo com estratégia diferente, Tite treinou jogadas de bola parada com os titulares

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Na sequência da preparação para o clássico contra o Palmeiras, no próximo domingo, o treino do Corinthians na tarde desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, foi marcado por ausências, improviso, dúvida e uma estratégia diferente de Tite.

Próximo de deixar o clube do Parque São Jorge, Felipe não participou do treino coletivo e realizou um trabalho separado do grupo ao lado de Léo Príncipe, Matheus Pereira, Rildo e Isaac. Por não ser normal, a atividade gerou dúvidas. No entanto, o zagueiro participou da segunda parte do treino e a assessoria explicou que ele inicialmente foi poupado para evitar sobrecargas no trabalho.

Ausências - Enquanto Felipe iniciou treinando separado e depois se juntou ao time, Guilherme e Vilson sequer foram ao gramado. Vilson segue se recuperando de um edema na coxa direita, enquanto o meia ficou na academia para fazer reforço muscular.

Estratégia diferente - Em campo, Tite adotou um estilo de treinamento similar ao que já havia realizado há alguns meses. Na época, a iniciativa criou dúvidas. Agora, por já não ser mais novidade, foi possível perceber que intenção do treinador era fazer com que o lado direito ofensivo do time titular medisse forças com o lado esquerdo defensivo da equipe – e vice-versa.

Desta forma, treinando com dois goleiros em cada gol com objetivo de reforçar o posicionamento defensivo, o treinador corinthiano escalou o time de coletes com: Fagner, Pedro Henrique, Caio Uriel (Base) e Guilherme Arana; Willians; Marquinhos Gabriel, Bruno Henrique, Danilo e Marlone; Luciano.

Já o time de coletes foi armado com: Camacho, Yago, Léo Santos e Uendel; Cristian; Romero, Rodriguinho, Lucca e Giovanni Augusto; André. Maycon atuou como coringa, jogando pelo time que tinha a posse de bola.

Time titular com improviso – Depois do treino coletivo, que contou com Camacho improvisado na lateral direita e Lucca no lugar de Guilherme atuando como meia-atacante, Tite treinou bolas paradas com os titulares, enquanto os reservas ficaram em outro gramado treinando finalizações.

Contando com Felipe, o treinador corinthiano também promoveu a volta de Yago ao time titular. Além disso, ele utilizou Danilo na posição de Guilherme.

Assim, o time que treinou bolas paradas foi: Walter; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Cristian, Giovanni Augusto, Bruno Henrique, Danilo e Marquinhos Gabriel; Luciano. Com a entrada do camisa 10, essa é a mais provável escalação para o clássico contra o Palmeiras, no próximo dom

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes