Corinthians não tem como impedir venda de Felipe, diz presidente

76 mil visualizações 291 comentários

Por Meu Timão

Na visão de Roberto de Andrade, saída de Felipe para a Europa não poderia ser impedida pelo Timão

Na visão de Roberto de Andrade, saída de Felipe para a Europa não poderia ser impedida pelo Timão

Meu Timão

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, falou pela primeira vez acerca da iminente transferência do zagueiro Felipe para o Porto, de Portugal. De acordo com o dirigente alvinegro, a venda do defensor não teria como ser impedida, já que é quarta proposta que o clube recebe pelo jogador de 28 anos.

“Na realidade é fácil explicar, porque ele (Felipe) pela quarta vez teve proposta. Na primeira conversamos e ficou no zero a zero, ele não tinha se afirmado ainda, queria jogar no Corinthians e nós queríamos vê-lo. Na segunda houve um reajuste considerável no salário e decidimos manter. Na terceira tivemos que comprar os outros 50% que não eram nossos e fizemos outro reajuste. Agora é a quarta vez, não tem o que fazer e o Felipe deseja a transferência”, explicou Andrade, em entrevista ao portal LANCE!.

Felipe chegou ao Corinthians em 2012, mas ganhou espaço somente na temporada passada, com o retorno do técnico Tite ao clube. Depois de cair nas graças da torcida alvinegra, foi determinante para a conquista do hexacampeonato nacional ao lado do companheiro de zaga Gil, hoje no Shandong Luneng, da China.

“Das outras vezes tínhamos estratégia, poder de convencimento e o Felipe não tinha se afirmado. Mas agora ele tem quase 28 anos, é o espaço que resta para jogar em alto nível e um contrato melhor”, acrescentou o mandatário corinthiano.

Informações dão conta de que o Timão espera embolsar em torno de 6 milhões de euros (R$ 24 milhões) pelo atleta. De acordo com o presidente Roberto de Andrade, a proposta do Porto foi oficializada e, apesar de a transferência do camisa 28 para o futebol português não estar sacramentada, Felipe terá um aumento financeiro considerável.

“Não tem como barrar o sucesso ou de o cara alçar voos maiores. Mas só financeiro também. Porque ele pode jogar em qualquer clube do mundo que não será maior do que o Corinthians, mas financeiro por ser a Europa haverá um ganho para ele. Não dá para deter”, finalizou.

Veja Mais:

  • Em 2016, o Corinthians comprou 50% dos direitos econômicos de Marlone por R$ 4 milhões; pelo acordo, o Timão pagaria duas parcelas de R$ 500 mil e outras 20 parcelas mensais de R$ 150 mil

    Corinthians tenta efeito suspensivo para evitar cobrança de R$ 2,1 milhões na Justiça, que é negado

    ver detalhes
  • Último jogo do Corinthians no domingo à tarde na Neo Química Arena foi contra o Vasco, no Brasileiro

    Corinthians vai atuar pela primeira vez na temporada em um domingo à tarde; relembre horários

    ver detalhes
  • Pedrinho anota o primeiro gol do Corinthians no Brasileirão Sub-17

    Corinthians supera o Internacional e estreia com vitória no Brasileirão Sub-17

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu detalhes de seu último compromisso na fase de grupos do Paulista

    Jogo entre Corinthians e Novorizontino é confirmado à tarde; jogos da rodada serão no mesmo horário

    ver detalhes
  • Camacho em ação contra o Atlético-GO pelo Campeonato Brasileiro do ano passado

    CBF define data e horário para a terceira fase da Copa do Brasil; Corinthians encara o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Fábio Carille não esconde incômodo com declaração de Andrés Sanchez

    Carille diz que ficou 'muito chateado' com declaração de Andrés Sanchez: 'Não falo mais com ele'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x