Balbuena revela teor de conversa com Tite e dá conselho ao treinador

Balbuena revela teor de conversa com Tite e dá conselho ao treinador

17 mil visualizações 58 comentários Comunicar erro

Balbuena (à esq.) projetou futuro de Tite, principal candidato a assumir a Seleção

Balbuena (à esq.) projetou futuro de Tite, principal candidato a assumir a Seleção

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians teve um dia agitado em seus bastidores nesta terça-feira. Com a demissão de Dunga, a saída do técnico Tite para a Seleção Brasileira parece cada vez mais próxima. Como não poderia ser diferente, o zagueiro Fabián Balbuena, escolhido para conversar com a imprensa presente no CT Joaquim Grava, foi “bombardeado” com perguntas acerca do futuro do comandante alvinegro.

Em entrevista coletiva após o treinamento do Timão, o defensor paraguaio revelou o teor do bate-papo que Tite teve com os jogadores no centro de um dos campos. De acordo com o beque, o treinador não deu pistas se seguirá no Parque São Jorge ou alçará novos voos na carreira à frente do Brasil.

“Foi um diálogo normal, o Tite sempre faz isso depois dos jogos, fala dos lances, coisas que dizem respeito à partida seguinte. Foi só isso, não teve nada mais. A princípio, foi um dia normal de trabalho”, explicou Balbuena, que citou até questões relacionadas à derrota por 1 a 0 para o Palmeiras como assunto da conversa.

“Tite não falou nada sobre a situação da Seleção, falou só de alguns lances do jogo contra o Palmeiras e questões táticas da próxima partida. Foi mais um dia de trabalho, é um diálogo que acontece sempre. Coisas pontuais que ele observou no jogo de domingo”, frisou.

Ainda que não quisesse “prever” os próximos passados de Tite, Balbuena rendeu elogios ao ainda técnico do Corinthians e apontou o hexacampeão nacional como principal candidato a readquirir a paixão do torcedor brasileiro pela equipe verde-amarela.

“O Tite é o mais indicado para qualquer processo, pelo bom trabalho que faz não só aqui, mas em toda a carreira. Independentemente de ser ele ou não o técnico da Seleção, o treinador que pega a Seleção Brasileira vai ter esse objetivo de recuperar a confiança do torcedor. A paixão pela Seleção tem de voltar, e tem material para fazer isso”.

Antes de deixar a sala de imprensa do CT Joaquim Grava, o zagueiro foi questionado se teria algum conselho para o treinador corinthiano. Sincero, o jogador, que nasceu em Ciudad del Este, distrito próximo à divisa com o Brasil, usou o bom e velho português. “Pense bem! Mas em qualquer decisão que ele tomar, estamos com ele. Como dizem no Brasil, tamo junto!”, finalizou.

Veja Mais:

  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor-adjunto de futebol do Corinthians

    Diretor do Corinthians sobre renovação de Balbuena: 'Não podemos dar um passo maior do que a perna'

    ver detalhes
  • Ainda não há confirmação se o treino na Arena será aberto à Fiel

    Diretor confirma treino na Arena Corinthians em véspera do clássico contra o Palmeiras

    ver detalhes
  • Matheus foi bastante acionado em seu primeiro treino com bola no Corinthians

    Gol de Matheus, ausência de Balbuena e evolução de Juninho: treino pré-Dérbi do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes