Título do Paulista de 1999 sobre o Palmeiras completa 17 anos

Título do Paulista de 1999 sobre o Palmeiras completa 17 anos

Por Meu Timão

Edílson fazendo embaixadinhas no segundo jogo da final no Morumbi

Edílson fazendo embaixadinhas no segundo jogo da final no Morumbi

Foto: Reprodução

Há exatos 17 anos, o Corinthians sagrou-se campeão paulista sobre o Palmeiras, em um duelo cercado por muita polêmica, tensão e disputa entre as duas equipes. Eternizado na memória da Fiel como a partida das embaixadinhas de Edílson, a partida terminou com uma confusão generalizada entre os jogadores dos dois clubes.

Classificado para fase de mata-mata com uma campanha de não muito destaque, o Timão avançou à semifinal somando oito vitórias, dois empates e seis derrotas. Apesar do rendimento mediano, a equipe comandada pelo técnico Oswaldo de Oliveira deixou evidente seu potencial a partir dos jogos eliminatórios.

No jogo de ida da semifinal, diante do São Paulo, o Corinthians aplicou uma goleada de 4 a 0 e praticamente garantiu seu lugar na decisão do estadual. No duelo de volta, as duas equipes empataram em 1 a 1, o que confirmou a presença do Timão na final, em outro clássico, desta vez diante do Palmeiras.

O clima e ambiente entre os jogadores era de tensão, afinal, o adversário tinha sido o carrasco do Timão naquele ano na Libertadores, o que estreitou ainda mais a rivalidade entre os clubes. No primeiro confronto, o Timão dominou as ações da partida e conseguiu uma importante vitória por 3 a 0, com gols de Edílson, Marcelinho Carioca e Dinei.

No segundo e decisivo embate, podendo perder por até dois gols de diferença, o Corinthians saiu na frente do placar novamente com Marcelinho Carioca. O Palmeiras, determinado em dificultar o caminho do Timão, virou a partir com Evair, por duas vezes. Porém, na sequência, Ricardinho roubou a bola de Marcos e rolou para Edílson, que também havia marcado no jogo de ida, deixar o dele e dar números finais, 2 a 2.

O Capetinha, como é conhecido pela Fiel, pegou a bola no meio de campo e começou a fazer embaixadinhas. A atitude do camisa 10 do Timão gerou enorme revolta entre os palmeirenses, que partiram para a agressão, transformando o gramado do Morumbi em um palco de briga entre membros das duas equipes.

O fato, entretanto, não impediu o Corinthians de levantar seu 23º título do Campeonato Paulista e festejar a conquista junto aos torcedores presentes no estádio do Morumbi.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes