Corinthians encara Atlético-MG em alerta por conta de dois pendurados

Corinthians encara Atlético-MG em alerta por conta de dois pendurados

Por Meu Timão

Fagner e Bruno Henrique estão pendurados

Fagner e Bruno Henrique estão pendurados

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians entra em campo na noite desta quarta-feira contra o Atlético-MG, a partir das 22h, no Mineirão, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. E além do próprio duelo contra a equipe mineira, os comandados de Cristóvão Borges já têm também precupações para a próxima partida: os jogadores pendurados.

Estão com dois cartões amarelos acumulados o lateral-direito Fagner e o volante Bruno Henrique. Ambos serão titulares no Mineirão. Se levarem cartão, estarão suspensos do jogo contra o Santa Cruz, no sábado, na Arena, pela próxima rodada do Brasileirão.

O atacante André também está pendurado. Ele, contudo, não joga contra o Atlético-MG. Após reclamar de dores, o camisa 9 do Timão passou por exames médicos e precisou de uma cirurgia de hérnia inguinal, que o afasrará do gramado por pelo menos 30 dias.

Vale lembrar que o zagueiro Balbuena está suspenso justamente por ter levado já três cartões amarelos e, portanto, está fora do jogo desta quarta-feira. Yago, que voltou de suspensão, foi cortado da lista de relacionados por ter sentido lesão.

Veja Mais:

  • Reforços do Corinthians passam por 'batismo' hilário nos EUA; assista

    Reforços do Corinthians passam por 'batismo' hilário nos EUA; assista

    ver detalhes
  • Carille revelou escalações antes do treino desta terça-feira, véspera da estreia do Timão em 2017

    Carille confirma uma equipe para cada tempo contra o Vasco; veja escalações

    ver detalhes
  • Roberto e membros da diretoria deram explicações sobre momento do clube a torcida

    Torcedores do Corinthians cobram Roberto de Andrade em reunião no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Lucca defenderá a Ponte Preta em 2017

    Corinthians define futuro do atacante Lucca

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes