Salário de Cristóvão Borges será 60% menor do que o pago a Tite pelo Corinthians

Salário de Cristóvão Borges será 60% menor do que o pago a Tite pelo Corinthians

Por Meu Timão

73 mil visualizações 179 comentários Comunicar erro

Chegada de Cristóvão e substituição de Edu Gaspar por Alessandro ajudam cofres corinthianos

Chegada de Cristóvão e substituição de Edu Gaspar por Alessandro ajudam cofres corinthianos

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A contratação de Cristóvão Borges pode ainda estar sendo tratada com desconfiança por parte da torcida do Corinthians, mas ao menos o departamento financeiro do clube tem motivos para comemorar. O salário do novo treinador é 60% menor do que o que era pago a Tite.

De acordo com o colunista Jorge Nicola, do Yahoo! Esportes, o contrato entre Corinthians e Cristóvão Borges prevê o pagamento de R$ 200 mil mensais ao treinador. Tite, hoje na Seleção, recebia na casa de R$ 500 mil por mês no Timão.

Vale ainda destacar que o auxiliar-técnico de Cristóvão, Cassiano de Jesus, custará mais R$ 50 mil aos cofres do Corinthians por mês.

Em tempo: além da saída de Tite, outra baixa do Corinthians para a Seleção Brasileira também representou alívio para os cofres alvinegros: Edu Gaspar. O então gerente de futebol recebia R$ 120 mil por mês. Alessandro, seu substituto, recebe na casa de R$ 60 mil mensais.

Veja Mais:

  • Sornoza pode se tornar o quinto reforço do Corinthians para 2019; Fluminense quer atletas

    Sornoza aceita oferta do Corinthians, mas contrapartida com dupla de emprestados emperra

    ver detalhes
  • Ex-Fluminense, Richard foi anunciado oficialmente pelo Corinthians nesta segunda-feira

    Saiba mais sobre o volante Richard, quarto reforço do Corinthians para 2019

    ver detalhes
  • Trio ganhou espaço no segundo semestre e reencontra treinador em outro patamar

    Jogadores ganham espaço no segundo semestre e reencontram Carille em outro patamar no Corinthians

    ver detalhes
  • Richard é o novo jogador do Corinthians

    Corinthians anuncia contratação de Richard

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes