Estatísticas dos centroavantes do Timão apontam Luciano em superioridade aos concorrentes

Estatísticas dos centroavantes do Timão apontam Luciano em superioridade aos concorrentes

Por Meu Timão

Luciano foi quem mais jogou como centroavante no Brasileirão

Luciano foi quem mais jogou como centroavante no Brasileirão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A derrota do Corinthians para o Atlético-MG, na noite dessa quarta-feira, abriu discussão entre torcedores a respeito da eficiência do ataque alvinegro. Seja no 4-2-3-1 ou no 4-1-4-1, o Timão vem, desde o início do Brasileirão, atuando com apenas um a homem de frente: alternam-se André, Luciano e Ángel Romero. E o Meu Timão decidiu explorar quais vantagens cada um deles traz à equipe.

Quem mais jogou até agora no Brasileirão foi Luciano, com nove partidas e 512 minutos. André aparece na sequência em número de jogos, com sete, mas apenas 226 minutos. Ángel Romero é o lanterna no quesito, com só quatro partidas e 254 minutos.

Apesar das disparidades de minutos e partidas jogadas, o único dos três que já balançou as redes na competição foi André (uma única vez). Os trunfos de André param por aí em relação aos concorrentes. Vale ainda lembrar que ele está se recuperando de uma cirurgia de hérnia.

Romero corre por fora, mas ainda está longe de igualar Luciano em demais quesitos. O paraguaio pode se gabar é de ser um jogador solidário em meio ao futebol "tika taka" que o Corinthians vem tentando praticar. Isso porque é o camisa 11 o dono do maior número de passes entre os três atacantes. São 25 por jogo contra 17 de Luciano e nove de André. Ele também já deu duas assistências.

Mesmo sem marcar um gol desde agosto do ano passado, Luciano é quem vem apresentando melhores números dentro de campo. O jogador é disparado quem mais chutes deu a gol, com 11 tentativas contra quatro de Romero e duas de André. Luciano é também quem mais disputa jogadas (75), quem mais dribla (3) e quem mais recebe faltas (15) em comparação a seus concorrentes.

Por fim, vale destacar o quesito desarme, apesar de se tratar de jogadores do ataque. E no futebol compacto pregado pelo Corinthians, que prevê ajuda de atacantes na defesa e defensores no ataque, Luciano também se destaca: são nove desarmes contra dois de André e Romero.

Vale ainda lembrar que jogadores como Lucca, Guilherme e Danilo podem fazer a função de centroavante no elenco do Corinthians. Na atual edição do Brasileirão, contudo, ainda não foram testados em tal posição.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes