PM define esquema de segurança para Corinthians e Santa Cruz na Arena

PM define esquema de segurança para Corinthians e Santa Cruz na Arena

Por Meu Timão

Polícia Militar definiu esquema de segurança para este sábado

Polícia Militar definiu esquema de segurança para este sábado

Foto: Reprodução - Twitter

Nesta sexta-feira, a Polícia Militar do estado de São Paulo se reuniu no 2º Batalhão de Choque para definir como será o esquema de segurança que tem como objetivo evitar quaisquer conflitos no jogo entre Corinthians e Santa Cruz, que acontece neste sábado, às 21h, em Itaquera.

Para a partida, foram colocados 45 mil ingressos à venda, sendo que 20 mil deles já foram adquiridos por torcedores corinthianos antecipadamente. A previsão de público para o confronto gira em torno de 28 mil pessoas. O Santa Cruz, equipe visitante, terá 800 ingressos à disposição de sua torcida. Os aficionados do time Pernambucano entrarão no estádio do Timão pelo portão G, enquanto a torcida do Timão terá acesso às arquibancadas pelas entradas O, E, I, J, K, H, A e N. Os portões serão abertos às 19h, e as entradas D, L e M estarão fechadas.

A reunião, que foi liderada pelo 1º Tenente Camargo e teve as participações do Metrô, Via Quatro Amarela, CET, Guarda Civil Metropolitana, CPTM e do representante da FPF Sidney Roberto Silva, decidiu que o comandante da partida será o 1º Tenente Henrique.

Veja Mais:

  • Timão conquistou a vaga sobre o Flamengo na Arena Barueri

    Corinthians bate Flamengo e vai à semifinal da Copinha

    ver detalhes
  • Pottker ainda defenderá a Ponte no Paulistão antes de chegar ao Corinthians

    Corinthians acerta contratação de Pottker para depois do Paulistão

    ver detalhes
  • Fabiano durante reino do Corinthians no CT, com Emerson Sheik

    Corinthians prorroga contrato e dá até aumento para volante que nunca jogou

    ver detalhes
  • Monitorado pelo Barça, Pedrinho vai ganhar novo contrato no Timão

    Corinthians prepara novo contrato e promoção a joia observada pelo Barcelona

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes