Corinthians vence Orlândia no futsal e conquista mais três pontos

Corinthians vence Orlândia no futsal e conquista mais três pontos

Por Meu Timão

Guitta é um dos destaques do Corinthians/Unip na Liga Nacional

Guitta é um dos destaques do Corinthians/Unip na Liga Nacional

Foto: Divulgação

A equipe de futsal do Timão, Corinthians/UNIP, venceu o clássico contra o Orlândia por 4 a 2. A partida, disputada na Arena João Mambrini, em Minas Gerais, valia a briga na Liga Nacional de Futsal.

A vitória rendeu mais 3 pontos para a equipe, que está em quarto na tabela. Com gols de Deives, Marcel e Pepita, o Timão impôs um ritmo forte à partida, mas encontrou um adversário que também não desistiu do jogo e deu trabalho para os corinthianos.

O gol que definiu a partida aconteceu a cinco minutos do fim, quando o goleiro Guitta roubou a bola e fez belo lançamento para Deives marcar o quarto tento do Timão. Apesar disso, o último gol do jogo foi marcado faltando 40 segundos para o apito final, pelo Orlândia.

O Corinthians agora estará de volta às quadras na próxima sexta-feira (08), contra o Assoeva, às 20h15, no ginásio do Parque São Jorge, pela 14ª rodada da Liga Nacional de Futsal.

A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.

Veja Mais:

  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade botou panos quentes nas especulações envolvendo Scarpa e Henrique

    Presidente do Corinthians esfria possibilidade de contratar dupla do Fluminense para 2018

    ver detalhes
  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes